Resenha : A Garota Anônima - Greer Hendricks & Sarah Pekkanen

11 março 2021

Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 6586041538
Ano: 2021
Páginas: 366
Compre AQUI.

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Ela está mentindo para descobrir a verdade. Quando Jessica Farris se inscreve para um estudo conduzido por um grupo de psicologia, ela pensa que tudo o que precisa fazer é responder a algumas perguntas, receber seu dinheiro e ir embora. Mas à medida que as perguntas ficam mais invasivas, Jess começa a sentir como se soubessem o que ela está pensando... e, pior, o que está escondendo. Conforme a paranoia de Jess aumenta, fica claro que ela não pode mais confiar no que é real em sua vida e o que são experimentos manipulados pelo grupo de pesquisa. Agora, presa em uma teia de incertezas, Jess rapidamente aprende que algumas obsessões podem ser mortais.


Meu Deus!!! Que leitura foi essa??? Esse mês só li dois livros, mas " A Garota Anônima" valeu pelo mês todo, que livro sensacional.

A história é narrada em primeira pessoa, com capítulos alternados entre a personagem Jess e a pessoa responsável pela pesquisa a qual Jess participa.
Jess é uma garota muito esforçada, trabalha como maquiadora para ajudar seus pais, que moram em outra cidade com sua irmã caçula, por preferir não se envolver com ninguém, vive sozinha em seu apartamento, tendo só seu cachorrinho como companhia. Ela passa longe de ser uma pessoa correta, ela comete seus pecados, e acaba revelando alguns durante a pesquisa, fazendo com que fique cada vez mais presa na trama de loucura do responsável pela pesquisa.
"Existem muitas histórias na cidade sobre mulheres são atraídas para situações perigosas. Vejo o rosto delas na capa do New York Post e recebo alertas no meu celular quando há um crime violento no meu bairro." 
Ao atender uma cliente, ela vê um anuncio no celular da mesma, sobre uma pesquisa sobre ética e moralidade. Vendo ali uma chance de ganhar um dinheiro a mais, Jess se inscreve para participar da pesquisa, sem saber em que furada está se metendo.
O livro é dividido em três partes, e ao terminar a primeira tive certeza de saber o que ia acontecer, mas estava muito errada, pois durante toda a história acontecem reviravoltas que me deixaram de boca aberta. A partir da segunda parte, o suspense toma conta do livro, tornando a leitura rápida. Devorei o livro, pois a curiosidade é demais, as autoras elaboraram uma trama capaz de prender o leitor pela angustia, sem saber o que vem a seguir.
"Algumas vezes o silêncio é uma arma mais eficaz para a obtenção de informações do que uma pergunta direta."
Por um momento, senti o medo da personagem, ou até mais que ela, me envolvi totalmente na narrativa, como não me envolvia faz tempo. Os personagens são tão bem desenvolvidos, com seus defeitos, e algumas vezes atos que beiram a loucura, é impossível não se envolver com cada um, seja por amá-los ou odiá-los, ou ambos ao mesmo tempo.

Sempre falo que as edições da Faro são perfeitas, mas não tem como falar outra coisa e com esse livro não foi diferente, quis ler assim que vi a capa, pois com sempre, a edição está perfeita.
Se você gosta de um suspense que mexe com o psicológico, na certa você vai adorar esse livro.









Sobre as autoras:





GREER HENDRICKS trabalhou como editora de livros por mais de duas décadas. Já escreveu para o New York Times e Publishers Weekly. A Mulher Entre Nós é seu primeiro livro.
 








SARAH PEKKANEN trabalhou como Jornalista Investigativa, antes de se tornar a autora de diversos best-sellers. Já escreveu para o Washington Post e o USA Today.





Nenhum comentário:

Postar um comentário