Resenha: a princesa salva a si mesma neste livro (As Mulheres têm uma espécie de Magia #1) - Amanda Lovelace

18 maio 2020

Edição: 1
Editora: LeYa Brasil
ISBN: 9788544106594
Ano: 2017
Páginas: 208

Compre AQUI / Ebook kindle AQUI
Sinopse: Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes ("A princesa", "A donzela", "A rainha" e "Você"), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito.


O livro traz em forma de poesia a vida de uma mulher, desde a infância até a vida adulta, divido em quatro partes, cada qual representando um momento de sua vida. A última parte "você", parece ser direcionada diretamente ao leitor(a) com mensagens de força, superação e empoderamento.
Vocês podem perceber que eu escrevi o nome do livro com letra minúscula, mas não foi um erro, o livro é todo escrito em caixa baixa, isto é, em letras minúsculas.
"não havia
nunca
álcool o bastante
para manter mamãe aquecida
numa casa
tão fria quanto
essa"
Eu li esse livro duas vezes e a minha reação foi diferente em cada momento, acredito por estar passando por situações diferentes, a mensagem tenha sido compreendida como eu precisava. Versos que anteriormente eu li desatenta, da segunda vez me fizeram chorar.
Algumas coisas em nossas vidas passam sem que a gente perceba, e nessas poesias encontramos verdades que às vezes não queremos enxergar. Com poesias curtas, mas de grande significado, a autora conseguiu mostrar com clareza situações que nós mulheres vivemos todos os dias, desde a infância, seja tendo que se enquadrar em padrões, seja enfrentando relacionamentos abusivos, perdendo assim nossa auto estima e confiança.
"apenas porque
eles não
batem em você
não significa que
não é
abuso"
 Este é um livro que deve ficar na cabeceira, para ser lido sempre que você estiver precisando desabafar, ou quando tudo parecer difícil. A mensagem aqui é de superação e fé em si mesma, por mais que a dor pareça não ter fim, pois no final, só nós mesmas podemos nos salvar, ninguém vai ser forte por nós, então que sejamos toda a força que precisamos.
"quando
alguém
se oferece para
salvar você
faça disso
a missão
para
                    salvar a si mesma"









Sobre a autora:


Devoradora de palavras e leitora ávida e apaixonada de contos de fadas desde a infância, era natural que Amanda Lovelace começasse a escrever seus próprios livros. E foi o que ela fez. Quando não está lendo ou escrevendo, pode ser encontrada aguardando seu café com especiarias para voltar à maratona de temporadas de Gilmore Girls. Poeta vitalícia e atual contadora de histórias, mora em New Jersey com seu noivo, seu gato temperamental e uma coleção de livros tão grande que em breve precisará de uma casa só para ela. Bacharel em Literatura Inglesa, cursou também Sociologia. A Princesa Salva a Si Mesma neste livro é sua estreia na poesia e o primeiro livro da série Women Are Some Kind of Magic”. Seu site oficial é amandalovelace.com, mas Amanda também pode ser encontrada como ladybookmad no Twitter, Instagram e Tumblr (ainda não descobriu como funciona o Snapchat).

Nenhum comentário:

Postar um comentário