Resenhando Contos: Retirantes (Parte 1) - Daniel Pedrosa

14 janeiro 2019


Edição: 1
Editora: Colina
ISBN: B07FZBPSSF
Ano: 2018
Páginas: 93

Compre AQUI - E-book Kindle
Sinopse: Em um futuro onde seres misteriosos habitam a terra, a luta por sobrevivência é uma missão árdua e muitas vezes impossível. Depois que a fome e escassez atingem os quatro continentes, Joaquim e sua família saem de sua terra natal em busca de um lugar onde possam reconstruir suas vidas. Mas o caminho é perigoso e poucos, ou talvez nenhum deles chegue ao fim desta jornada.
“Retirantes” é uma história de ficção sombria que carrega em suas linhas muito mais do que fantasia, carrega o retrato do medo e desespero pelo qual passam muitos daqueles que enfrentam os perigos de uma peregrinação em busca de um futuro melhor.



Retirantes foi uma grata surpresa para mim pois, além de ser um nacional, trás um dos gêneros que mais gosto, distopia.
Assim que comecei a leitura, fiquei encantada com a riqueza de detalhes que este conto possui. Mesmo com as poucas páginas, que eu teria terminado em algumas horas não fosse a necessidade de ir trabalhar, o conto é complexo e completo, garantindo entretenimento ao leitor e atiçando nossa curiosidade.
"Mas, antes que ele pudesse terminar, ou mesmo que os homens percebessem sua presença, tudo mudou. O som de asas batendo preencheram os ouvidos de todos, seguido por um revoar de pássaros negros que ocuparam o céu em um voo desesperado. Joaquim foi o primeiro a perceber, mas não demorou até que os outros dessem conta... eles estavam chegando."
Retirantes não é somente, um conto apocalíptico, é também a realidade contada no viés de fantasia. Quantas famílias largam seu lugar de origem e partem em busca de algo melhor, enfrentando diversidades pelo caminho? Ainda mais sendo no Nordeste brasileiro, onde a escassez de água e o sol escaldante sempre se fez presente. Nesse contexto, Joaquim e sua família farão o impossível para manterem-se vivos e chegar, quem sabe, a um local onde possam recomeçar suas vidas longe das sombras mortais que assolam a terra.

Gostei muito de como o autor deixou a leitura fluída e em como, em momento algum, deixei de ficar curiosa com o que viria a seguir. Os ganchos nos finais dos capítulos foram os melhores, me peguei repetindo "só mais um capítulo" durante toda a leitura.
"A fome, a dor e o medo estava transformado as pessoas em animais e isso estava acabando com o mundo que ele conhecia. Parecia um futuro inevitável, mas ele ainda tinha as crianças, e enquanto estivessem a seu lado, ele faria de tudo para lutar contra este futuro."
O personagem principal, Joaquim, é um homem humilde e que quer salvar seus filhos acima de tudo. Joaquim não chega a ser o herói que todos nós procuramos nos livros - com a escassez de alimento e água, a família está passando por um grave processo de desnutrição - mas isso não o impediu de ser pai e um homem bom e corajoso quando foi necessário.

Do mais, indico sim a leitura. Estou bem ansiosa para conferir a segunda parte que deverá ser publicada em breve. Se você é um leitor ávido por novas descobertas e quer embarcar em uma jornada que vai fazer você se desligar do mundo, leia Retirantes. Tenho certeza que você não irá se arrepender.
"Inconscientemente, a humanidade havia criado um monstro capaz de destruir tudo o que haviam construído. Cidades, pessoas, animais e até mesmo lugares como aquele. Em sua sede por riqueza, tornara o mundo um lugar devastado, cheirando a morte. Mas a esperança havia chegado pelas mãos de um homem simples e por isso ainda era possível acreditar."


Sobre o autor:





Daniel Pedrosa é engenheiro e escritor, iniciou sua trajetória literária em 2007 com a publicação do Romance “No Relógio da Colina” pela editora Novo Século. Neste mesmo ano recebeu seu primeiro premio literário com o conto de mistério intitulado “O Espírito da Floresta”.




Nenhum comentário:

Postar um comentário