Resenha: Olho por Olho - Jenny Han & Siobhan Vivian

24 fevereiro 2018

Autor : Jenny Han e Siobhan Vivian.
Titulo original: Burn for burn.
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581632780
Ano: 2013
Páginas: 320
Tradutor: Camila Werner

Sinopse:
Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!
Resenha:


Eu tenho um fraco por livros de "mulherzinha", um bom chick-lit sempre me atrai, mas uma historia adolescente, cheia de vingança, intriga, traições e aventura é algo quase irresistível para uma leitora como eu.
Este livro é uma mistura de "Meninas Malvadas" com "Carrie a estranha", é perceptível para o leitor a inspiração das autoras, e apesar de este tema estar saturado, elas deram um toque único que deixou o livro fantástico.
Alguém já ouviu aquela velha frase, que diz que o inimigo do seu inimigo e seu amigo? Pois então, esse vai ser o lema de Mary, Kat e Lilian. Três garotas unidas pelo desejo de vingança.
"Ninguém pode jamais saber o que vamos fazer. O que fizermos juntas viverá e morrerá conosco. E, se vamos mesmo fazer isso, ninguém pode desistir na metade do caminho. Se for para entrar, é para ir até o fim. Até nós três conseguirmos o que queremos. Senão, bem... Você pode ser considerar a caça."
Imagine viver em uma ilha, onde todos se conhecem e o único modo de sair é de balsa. Esta é a Ilha Jar, o local onde as três meninas moram. Mas apesar de residirem próximas, a vida delas dificilmente se cruzaria se não fossem as circunstancias. Lilian é popular na escola, faz parte do time das lideres de torcida, possui notas ótimas, é amiga de Alex, um dos garotos mais cobiçado da escola, além de tudo, vem de uma família rica. Ela tem uma irmã mais nova, Nadia, e já foi amiga de Kat, mas por intriga de Rennie, sua melhor amiga, hoje elas nem se falam.
Kat é uma menina simples, que trabalha para se sustentar e acaba de perder a mãe. Gosta de carros, motos e barcos, e passa a maior parte do tempo com seus amigos motociclistas.
Mary viveu na ilha durante a infância, mas por vários motivos acabou se mudando para o continente com seus pais, mas agora esta de volta, para enfrentar Reeve, o cara que atormentou a sua vida durante todo o tempo em que viveu na ali.
Um único sentimento une essas meninas: vingança. Cada qual precisa enfrentar seus fantasmas do passado e tentar saciar esta sede por justiça que as coroe por dentro.
Lilian precisa se vingar de Alex, seu amigo, mas que se aproveitou de sua irmã mais nova. Kat precisa destruir Rennie, assim como ela destruiu sua vida, criando boatos  na escola, e também se Alex, seu ficante, e que a trai com a irmã de Lilian. E Mary precisa se vingar de Reeve, que lhe infligiu bullying durante toda a sua infância.
Quando o destino e este sentimento em comum unir essas meninas, quais vão ser as consequências
Este é um livro sobre vingança, apenas sobre isso, não tem romance, valores morais e uma lição no final, simplesmente as meninas sofreram nas mãos de algumas pessoas, e agora é a hora do troco. Mas também não espere vinganças cruéis e muito elaboradas, já que as meninas são adolescentes de ensino médio, apesar de Kat ter tido algumas ideias "ilegais", vamos dizer assim.
Inicialmente a historia é bem confusa, já que é narrada pelo ponto de vista das três meninas, e os capítulos são intercalados. Então, como você não esta familiarizado com os nomes, a leitura fica um pouco confusa, mas com o avançar de leitura, esse detalhe que deixava o leitor confuso, acaba por se tornar o diferencial, o que torna a historia ainda mais instigante, pois essa troca de narrador, te da à oportunidade de conhecer o intimo de todas as protagonistas.
Esta é uma leitura leve e rápida, os acontecimentos são objetivos e as autoras não prolongam acontecimentos desnecessários.
Para quem não sabe, uma das autoras de "Olho por olho" é Siobhan Vivian, a mesma que escreveu "Não Sou Este Tipo de Garota" e "Conselho de amiga". Eu já li ambos, e tenho que admitir que são bem chatinhos, mas este livro não é nem parecido, tem um enredo bem elaborado, com diálogos inteligentes e personagens complexos e bem desenvolvidos.
O fato de ser escrito a quatro mãos também não interferiu em  nada, as autoras possuem uma sincronia e uma forma de escrita parecida, é quase impossível notar que o enredo foi escrito e elaborado por duas pessoas diferente.
Este livro tinha tudo para ser uma obra perfeita, mas os vários erros de revisão, nomes trocados, e até mesmo frases desconexas, acabaram ofuscando o belo trabalho das autoras. A capa é maravilhosa, as modelos têm as mesmas características descritas no livro, a diagramação também esta bem legal, os capítulos são divididos com os nomes das personagens em uma fonte diferente da usada no texto, que também é super agradável para a leitura. Tudo isso é feito em paginas amareladas.
Enfim, não existe duvidas que eu indique a leitura. Este livro faz parte de uma trilogia  e estou ansiosa para ler a continuação , "Dente por dente", que foi lançada este mês, também pela Novo Conceito.

Sobre o autor:


Siobhan Vivian nasceu na cidade de Nova York em 1979, mas cresceu em Nova Jersey onde, constantemente, se envolveu em encrencas por ser uma aluna que sempre aprontava em sala de aula. Ela estudou na Universidade de Artes e é graduada em Escrita para Filmes e Televisão. Trabalhou como editora em muitos romances best-seller do New York Times, roteirista para o canal da Disney e, atualmente, é professora na Universidade de Pittsburgh.


Jenny Han nasceu na Virgínia, Estados Unidos, e cursou mestrado em escrita criativa pela New School. Sabe fazer um brownie perfeito, é ótima em inventar apelidos e tem paixão por livros de receitas. Sua série de TV preferida é Buffy – a caça-vampiros. Mora no Brooklyn, em Nova York.

14 comentários:

  1. Eu li este livro já tem um tempinho e também gostei do enredo. Apesar de ser tudo muito rápido realmente, o livro cumpre bem o que está na sinopse! É bem juvenil, com aqueles conflitos que todos nós já passamos ou no mínimo, conhecemos alguém que está passando nesse exato momento.
    As letras da autora são fantásticas e ela vai tecendo parágrafo por parágrafo com maestria.
    Recomendo!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Um livro sobre vingança em forma de chick-lit me parece divertido (apesar de não me considerar uma pessoa vingativa kk).
    O fato de ser escrito mais de uma pessoa aguça ainda mais a minha curiosidade já que mesmo assim o enredo não se perde ou fica diferente.
    Sugestão anotada! ;)

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é muito bom e de uma leitura super fácil, os conflitos abordados são bem conhecidas por nós mesmos que com certeza já passamos ou tivemos esse sentimento de vingança kkkk.

    ResponderExcluir
  4. Oi Geh!
    Ainda não tive a oportunidade de ler os livros, e por isso estou bem curiosa, gostei desse enredo todo de tração na adolescência, confesso que pensava bastante nisso na época, rsrs.
    São três protagonistas bem diferentes não é? Deve ser interessante acompanhar a visão de cada uma do que está acontecendo, gostei da narrativa intercalada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Geeh, tudo bem??

    Eu ganhei esse livro e terminei desistindo e acabei que doei pra sorteio... Pela sua premissa, parece-me algo bem interessante de ler, e sei lá bateu aquele arrependimento básico da vida... .Gostei ainda de saber da narrativa intercalada e saber o que se passa na mente das garotas. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Geeh!!
    Já tinha comentado no post Li até a página 100.
    Esse livro parece muito bom. Até porque não perde o foco que é a vingança das meninas. Achei interessante ter todos os pontos de vista das personagens, fiquei muito curiosa pois nunca li um livro assim. A história também me deixou intrigada. Quero muito saber como elas irão se aproximar e começar suas vinganças.
    Beijos!!
    Nerd Fox

    ResponderExcluir
  7. Eu li esse livro há muito tempo. Confesso que não gostei, porque mesmo gostando de uns chick lits, achei algumas motivmotivações tão bestas que não deu pra engolir. É um livro adoslescente adolescente com problemas de adoslecentes, mas acho que esse tipo de livro não funciona comigo. Não li os outros da trilogia por conta desses assuntos de vingança adoslescente.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Já tem um tempo muito grande que eu quero ler esse livro e isso agora que eu me dei conta que a Jenny Han que escreveu Esse livro foi a que escreveu o livro para todos os garotos que já amei inclusive esses dois livros da autora estão na minha tbr desse mês

    ResponderExcluir
  10. Já tinha ouvido falar desse livro, uma história movida a mágoas e ressentimentos, já que as amigas querem vingança. Acho que coisas ruins acontecem com todos, vai de cada um o jeito de lidar com elas, só lendo o livro para saber o desfecho dessa trama!!

    ResponderExcluir
  11. Olá! Confesso que não faz meu estilo de leitura, justamente por ter protagonistas mais jovens. Mas, já li resenhas sobre essa trilogia e nunca me deparei com comentários negativos sobre ela.
    Não sabia que tinha sido escrito por quatro escritoras, você dizer que mesmo assim a qualidade do livro não deixa a desejar, aguça a minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  12. Deve ser uma leitura gostosa e divertida fiquei imaginando os tipos de vingança que essas garotas devem praticar, embora dizem que não devemos nos vingar, mas acho que as vezes certas pessoas merecem o troco, concordo com as personagens rs. Nessa fase de adolescentes tem muitos conflitos, confusões e intrigas entre outras coisas o livro parece retratar muito bem isso.

    ResponderExcluir
  13. Oi Geeh!
    Eu tenho os dois primeiros volumes, comecei a ler o primeiro mas por falta de tempo acabei abandonando e lendo outros no lugar, mas eu qro mto ler, tenho ctz q vou gostar do enredo, aí dá bem q eu estava no primeiro capítulo assim posso recomeçar...

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Geeh!
    As autoras foram felizes na composição da obra pelo motivo de termos capítulos curtos e cada capítulo ser uma das personagens que da continuidade a história, sem ficar revendo tudo de um ponto de vista diferente.
    Já tive oportunidade de ler, mas fazem tantos anos que nem lembro se precisava ou não de uma revisão mais elaborada.
    Lembro que não gostei muito na época, porque não gosto de enredo com vingança, mas é uma boa leitura sim.
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir