(Maratona Literária) Resenha: Flores Mortais - Giulia Moon

19 outubro 2017


Edição: 1
Editora: Giz Editorial
ISBN: 9788578552350
Ano: 2014
Páginas: 224

Compre AQUI.
Sinopse: Frágeis, obstinadas, corajosas, muitas vezes egoístas e sombrias. Cada uma das protagonistas das histórias deste livro, à sua maneira, personifica aspectos diferentes do universo feminino, com uma pequenina peculiaridade: são vampiras. As Flores Mortais que crescem nas sombras da noite. Belas, sedutoras, mas também predadoras cruéis. Flores Mortais é a coletânea de histórias de vampiras escrita e ilustrada por Giulia Moon, autora da série KAORI.

Segunda Leitura da Maratona Literária #horadeperderomedo concluída!

Comprei Flores Mortais em 2014 e, desde então, ele enfeita minha estante. Graças a maratona, consegui enfim, lê-lo e saborear esses contos. A autora, Giulia Moon, é conhecida pelos livros da vampira Kaori que também está presente neste livro em dois contos.
Flores Mortais narra a trajetória de vampiras guerreiras, sedutoras, frágeis e sombrias. Cada conto traz uma personagem diferente, o que nos faz querer conhecer mais de cada uma e ficar mais apaixonada a cada nova história.

Não vou falar de cada conto separadamente, mas como um todo, gostei muito de conhecer essas personagens e a escrita da autora. Acho que, para uma primeira vez, Giulia Moon conseguiu me prender e conquistar com sua narrativa ágil e sensual. Sim, sensual. Mesmo as vampiras sendo símbolo de luxúria, a narrativa não vai para o lado erótico da coisa. A autora consegue deixar o leitor satisfeito com as descrições e sensações contidas na paixão que emana dessas criaturas.
"Tinha medo, sim. Mas sabia aproveitar as lições da noite. A Santa dos Meninos de Rua... A santa gringa que arranca os seus órgãos, ou a impiedosa santa da escuridão que arranca o seu sangue? Estranhas lendas urbanas que nasciam a cada instante..."
Logo na Introdução, temos um texto escrito pela autora que nos ajuda a entender melhor cada conto contido neste livro, como por exemplo, os contos da vampira Maya que são seis ao todo. Também encontraremos o primeiro crossover publicado na literatura vampiresca brasileira, unindo Giulia Moon e Kizzy Ysatis. O conto em questão é A exótica dama oriental e o inesperado Luar. Giulia com sua Kaori e Kizzy com Luar, seu vampiro mais conhecido.

Gostei muito de todos os contos, claro que sempre um vai ser mais queridinho que o outro, mas como um todo, é um livro gostoso de ler que te fará passar horas maravilhosas em ótima companhia!
A edição da Giz Editorial está muito bonita: diagramação simples, com detalhes nos capítulos, letras em tamanho confortável para a leitura e bom espaçamento. Não encontrei erros de revisão. Além da ótima diagramação, o leitor também pode desfrutar das lindas ilustrações feitas pela autora de suas vampiras. Uma mais linda que a outra.
"Bem, o mundo inteiro era um lugar perigoso. Políticos corruptos, uma sociedade sem regras, organizações criminosas cada vez mais poderosas. Os vampiros eram a parte menos visível da horda de predadores que dominavam as manchetes dos jornais, mas eles estavam por aí, bem ativos."
Do mais, só posso indicar. Espero que essas vampiras conquiste seus corações como conquistaram o meu! <3


Avaliação: 



Sobre a autora: 


Giulia Moon é paulistana, já foi diretora de arte, ilustradora, diretora de criação e sócia de agência de propaganda. Tem três coletâneas de contos publicados: Luar de Vampiros (Scortecci, 2003), Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros (Landy, 2004), e A Dama-Morcega (Landy, 2006). Em 2008 lançou com mais seis autores o livro de contos Amor Vampiro (Giz Editorial). Sempre na área da literatura fantástica, é coeditora do fanzine FicZine e da Scarium Magazine. Especialista em ficção de vampiros, tem carinho especial por seres obscuros e monstros de qualquer natureza.