Resenha: O Caminho das Estrelas - Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho

20 novembro 2016


Edição: 1
Editora: Petit Editora
ISBN: 9788572533065
Ano: 2016
Páginas: 256


Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: O caminho das estrelas, novo romance do Espírito Antônio Carlos, psicografado por Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, conta a história de Lenita, que desencarna ainda adolescente por causa de um câncer. Ao acordar na ala dos jovens no hospital da colônia Aprendiz do Amor, perdida entre as lembranças da vida encarnada, lembra-se de sua mãe lhe dizendo: Filha, quando você morrer, irá para o céu morar numa estrela.... Mas agora, na realidade da nova existência, busca compreender sua condição. O começo é difícil, pois seus familiares se desesperam e choram, afetando-a de forma negativa. Tudo muda quando os familiares de Lenita recebem um importante auxílio: o livro Violetas na janela. Após a leitura, eles passam a agir de modo diferente, enviando-lhe vibrações positivas. Ela pode, então, sentir-se tranquila.


Quando eu vi que a Petit lançaria este livro, não pensei duas vezes em solicitá-lo e lê-lo. Porque? Bem, sou grande fã da autora e tbm sou completamente apaixonada pela série Violetas na Janela!
Para quem não sabe, Violetas na Janela é um romance espírita também, só que narrado por Patrícia; uma jovem que acabou de desencarnar e começará a aprender a viver no plano superior assim como Lenita, a protagonista deste livro.
"- Você partiu. Mudou. Viajou. Veio pra cá.- O senhor é sempre tão confuso assim? (...) Partir, mudar, viajar... Por acaso morri?- É isso aí, garota! Que inteligente você é! Sua resposta está parcialmente correta. Você desencarnou, ou seja, seu corpo de carne e ossos sofreu uma falência dos órgãos, não resistiu e parou de funcionar. Aí você veio pra cá."
A sinopse está bem explicativa e nos dá até algum spoiler do final do livro, mas ao  lê-lo você vai se envolvendo com a história e sentindo as palavras fazerem sentido na sua vida. Não sou espírita, respeito a doutrina como respeito qualquer religião, sou curiosa mesmo, gosto de ler sobre e todos os romances que li, me trouxeram algo de positivo.
Lenita é uma adolescente que desencarna cedo demais, mas na doutrina espírita nada é por acaso, Lenita vai aprender sobre a colônia onde agora reside e terá diversos outros ensinamentos. Enquanto ela aprende, nós  leitores também aprendemos.
Seus familiares na terra sofrem sem sua presença e, lendo Violetas na Janela, conseguem dar paz ao espírito de Lenita e também aos seus corações.
"- Minha mãe dizia que quando eu morresse, iria morar em uma estrela. Será que posso comparar este lugar com uma estrela? Não sei o caminho, como vim parar aqui?
- Se quiser comparar esta casa de amor com uma estrela, é uma comparação poética e linda. O caminho, aprenderá a encontrar."
O Caminho das Estrelas é um livro lindo, cheio de esperança e ensinamentos preciosos. A doutrina é explicada de modo que o conhecimento fica em nossas mentes: porque reencarnamos? Qual é o papel do ser humano na terra? Respostas para essas e mais perguntas, vocês encontrarão aqui, nesse livro.
É difícil falar sobre a escrita do autor quando o livro é psicografado, mas acredito que a autora coloca muito de si em suas obras. Sua narrativa é mais complexa e sucinta. Diferente de outros livros que já li, sentimos conexão com a protagonista e o que ela está vivendo. Não fica uma coisa forçada, surreal. Por isso e por diversas outras pequenas coisas, gosto muito dos livros escritos pela autora.
A capa é linda e condiz com o enredo apresentado. A narrativa é em terceira pessoa, o que nos permite explorar algumas cenas que pelos olhos da Lenita não conseguiríamos ver. A diagramação é simples, mas bem feita: possui páginas brancas, letras em tamanho confortável para a leitura e divisores de capítulos. A edição está linda demais e sem erros aparentes.
"- Penso que às vezes precisamos ficar sem para dar valor.
- O melhor é dar valor para nunca ficar sem."
Do mais, super indico a leitura,vale a pena conhecer e se encantar por mais esse romance!
E, para quem já leu Violetas na Janela, preparem-se! No final do livro, reencontraremos Patrícia! <3


Avaliação: 



Sobre a autora:  



Durante a infância, que passou em São Sebastião do Paraíso (MG) onde nasceu, Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho sentiu as primeiras manifestações mediúnicas. A médium é capaz não só de enxergar e ouvir com clareza os espíritos, mas também de receber, por intermédio da psicografia, mensagens e obras literárias. Casada, mãe de três filhos, divide seu tempo entre as atividades profissionais, suas obrigações familiares e o trabalho voluntário no centro espírita.
Entre outros sucessos, Vera Lúcia psicografou o best-seller Violetas na Janela, que já ultrapassou a tiragem de 1,2 milhão de exemplares, uma verdadeira reportagem do Espírito Patrícia realizada no mundo espiritual. Esse destaque não modificou seus hábitos e sua personalidade. Simples e reservada, se considera apenas "um simples instrumento dos espíritos".