Li até a página 100 e...

10 setembro 2016


Oii gente!! 
E cá estamos com essa nossa tag amada novamente. As vezes eu esqueço dela, mas nunca por muito tempo!!
Hoje vamos falar da minha leitura atual, um livro que eu estou amando, a cada pagina mais e mais!! #Hayden #Love.



Tudo na tímida Tenley Page intriga o tatuador Hayden Stryker de um modo que ninguém jamais conseguiu: do cabelo longo e esvoaçante com aroma de baunilha até a curva suave do quadril... E o interesse dele só aumenta quando ela pede que ele tatue um desenho incomum em suas costas.Com seu jeito durão, Hayden é tudo que Tenley nunca se atreveu a desejar. A química entre os dois é instantânea e desperta nela o desejo de explorar o corpo escultural que há por baixo de tantas tatuagens. Traumatizada por um passado trágico, Tenley vê em Hayden a chance de um recomeço. No entanto, o que ela não sabe é que ele também tem segredos que o impedem de manter um relacionamento por muito tempo.Quando os dois mergulham em uma relação excitante e enfim passam a confiar um no outro, lembranças e problemas batem à porta — e talvez nem mesmo a paixão entre eles seja capaz de fazê-los superar seus traumas.

Primeira frase da página 100:
" Ele me cortou."

Do que se trata o livro:
O livro tem capítulos intercalados entre o ponto de vista dos dois protagonistas, Hayden e Tenley. Mas em ambas as historias o que deu para perceber é que se trata de um livro sobre amor e superação. Hayden perdeu os pais de forma trágica e Tenley perdeu toda a família, incluindo o noivo, de forma mais trágica ainda. Ambos tem cicatrizes, físicas e psicológicas,  e por ironia do destino, vão descobrir conforto um no outro, mesmo um sendo o oposto do outro, já que Hayden é um tatuador sombrio, viciado em cupcake  e Tenley uma estudante fazendo mestrado em sociologia e de aparência comum.

O que está achando até agora:
Amando!! A cada linha me apaixono mais. É uma trama delicada e envolvente.

O que está achando da protagonista:
Tenley é o simbolo da superação. Ela é maravilhosa. Assim como Hayden, que é aquele mocinho que se acha vilão, mas e dono do coração mais bondoso que existe.

Vai continuar lendo:
Sem duvida! Já tenho até a continuação aqui no lado.

Melhor quote até agora:
"Estiquei o braço para tocar em uma videira no antebraço dele e hesitei, pedindo permissão.
- Posso?
- Esta me pedindo para passar a mão em mim?
-Ahmm...
- Desculpe, é fácil implicar com você, não da para resistir. Fique à vontade.
Ele apoiou o braço no joelho, a palma da mão virada para cima, a mão relaxada e aberta. Pelo jeito que estava sorrindo, não parecia nem um pouco arrependido do que havia dito, mas eu estava curiosa  demais e ele estava com boa vontade."
Última frase da página 100:
"Eu não entendia como  ele conseguia transformar o que deveria ser uma oferta razoável de discrição em algo tão sensual."