Resenha: Sussurros ao Luar: Os Sobrenaturais (Saga Acampamento Shadow Falls #4) - C.C. Hunter

26 julho 2016


Edição: 1
Editora: Jangada
ISBN: 9788564850354
Ano: 2013
Páginas: 384

Sinopse: Em um acampamento cheio de lobisomens, vampiros e fadas, Kylie Galen sempre lutou para descobrir o que ela é. Agora, ela finalmente sabe a verdade, mas ela ficou com mais perguntas do que respostas. Ela não tem ideia do que sua herança significa ou como aproveitar seus novos poderes. Tudo o que ela sabe é que ela precisa resolver seus sentimentos por Derek, o sexy Fae, que acabou de confessar o seu amor, e Lucas, seu namorado lobisomem que parece não estar comprometido tanto quanto ela gostaria. Todo esse tempo, Kylie lida com um grupo de bandidos subterrâneos que querem vê-la morta e um avô misterioso, que deixa claro que ele não confia no FRU... ou Shadow Falls. Logo Kylie terá que escolher: Será que ela vai ficar com a nova família que ela formou em Shadow Falls, ou será que ela vai com seu avô e abraçar o seu destino?


Confira as resenhas já postadas aqui no blog:

**Resenha Livre de Spoilers**

Neste quarto volume da Saga Acampamento Shadow Falls, vamos continuar com algumas perguntas e ter outras tantas respondida. Confesso que tive que dar uma breve lida no final do livro anterior, pois fazia algum tempo que eu o havia lido e claro, esqueci algumas coisas. Mas depois de começar a ler este volume, me vi novamente envolvida pelos personagens e pelos mistérios que envolve Kylie e o acampamento.

O livro começa de onde o outro parou, e como é típico da autora, ela dá aquele breve resumo de tudo o que aconteceu. Seguindo essa premissa, vamos de encontro a mais suspense e algumas revelações que deixarão os leitores ávidos para o final dessa saga.
"As coisas mudam. Kylie só esperava que, se tudo mudasse na sua vida, pelo menos Shadow Falls permanecesse. O pensamento de perder Holiday e todos ali, até os que considerava meio malucos, era demais para ela. Eles eram a sua família."
Kylie já sabe qual ser sobrenatural ela é, mas ela não sabe o que significa ser um Camaleão. Será que ela vão se transformar em lagarto quando menos esperar? E ainda tem o fantasma que a está seguindo, implorando por ajuda: Kylie sabe que não pode ser possível, mas o fantasma tem o rosto de uma pessoa que ainda está viva e que ela ama muito. O que fazer para ajudar?
Como era de se esperar, Kylie fez sua escolha entre Derek e Lucas, só que seu escolhido pode estar mentido sobre coisas importantes para ela, e isso magoará seu coração e fará Kylie tomar uma decisão importante: ficar em Shadow Falls e nunca descobrir o que é capaz de fazer ou ir morar com seu avô paterno e aprender tudo o que precisa para se tornar uma cameleão por completa?
Sou suspeita para falar dessa saga porque, se vocês lerem minhas resenhas anteriores, vão ver o quanto eu gostei dos personagens e do enredo criado pela autora. Também já comecei a ler a série da Della, melhor amiga de Kylie, mesmo sem ter terminado essa, mas não tive problemas com spoilers pois a história da Della começa mesmo, depois que a de Kylie termina.
C.C. Hunter consegue nos prender a leitura e nos deixa cada vez mais curiosos com tudo o que vai acontecendo no decorrer das páginas. A escrita da autora é gostosa e juvenil. muito descritiva e cheia de detalhes. O que me incomoda um pouco é a repetição de argumentos que a autora usa, mas cheguei a conclusão que ela quer frisar esses argumentos tanto quanto for possível, mas mesmo assim, fico brava quando leio a mesma frase pela quinta vez.
"- Você é uma bruxa - exclamou Burnett com descrença.
- Parece que sim - Holiday concordou.
- Não. Eu sou um camaleão. - E cada vez que Kylie dizia aquilo, ela acreditava um pouco mais. Não importava se ela pudesse reverter feitiços e fazer animais recuperarem sua forma normal, ou que pudesse fazer um peso de papel em forma de coração voar pelos ares e golpear um vampiro. Seu pai tinha lhe dito que ela era um camaleão e ela acreditava nele."
Neste livro não vamos encontrar muita ação, Kylie está procurando descobrir o máximo que pode sobre sua condição e as coisas que acontecem com ela em determinados momentos, nos deixam apreensivos e às vezes, rimos com suas mancadas. Kylie cresceu muito do primeiro livro para este e passei a gostar muito dela. Lembra daquela menininha chorona e birrenta? Pois é... parece que Kylie finalmente decidiu cuidar de si mesma e dar a cara a tapa para descobrir tudo por si mesma.
Não posso deixar de mencionar os personagens secundários que gosto tanto: Della, Miranda, Derek, Holiday, Burnett e Perry. Mesmo com alguns com pouco destaque, esses personagens deixam a trama mais completa e muito mais real pela carga de sentimentos que trazem. Lucas caiu no meu conceito... até tendo entendê-lo, mas é difícil... rsrsrsrsrs Ele continua lindo e amoroso, mas sua alcateia tem prioridade nesse volume e isso me deixou muito apreensiva.
"... - Mas, por favor, só me responda isso: o que significa ser um camaleão?
A tia deu um passo à frente.
- É ser como o lagarto. Podemos mudar a maneira como nos mostramos ao mundo. E para nossa própria proteção, temos que nos esconder para não sermos perseguidos.
- Nos esconder da UPF? - Kylie perguntou.
- Infelizmente, de todo mundo. - explicou a tia. - Os poucos que não se esconderam foram vistos como párias, aberrações, que não pertenciam a espécie alguma. A princípio pensaram que tínhamos tumores no cérebro e então concluíram que éramos pessoas dementes."
A capa é linda e condiz com uma parte do livro que me deixou arrepiada de expectativa. Amo as capas dessa série! São metalizadas e ficam lindas na estante! A diagramação é simples, mas bem feita, com folhas amarelas e letras em tamanho confortável para a leitura. Não encontrei erros de revisão aparentes. Parabéns a editora pelo capricho na edição.
Estou ansiosa para ler o último volume, espero conseguir fazer isso logo. O final só me deixou mais curiosa e cheia de vontade de largar tudo e começar a ler o próximo volume, mas.... deveres me chamam, então, assim que possível, concluirei a leitura dessa saga que tanto gosto!
Do mais, só indico a série para todos que gostam de um bom enredo sobrenatural com personagens marcantes e realistas. C.C. Hunter nos nos mostra que ser adolescente é difícil em todas as raças, mesmo sendo humanos ou um ser sobrenatural, também precisamos de amizade, aceitação, carinho, atenção e amor.


Avaliação:



Sobre a autora:






C. C. Hunter é uma romancista norte-americana autora da série Shadow Falls e também escreve livros do gênero suspense. Christie Craig é o nome verdadeiro de C. C. Hunter.
Nasceu no estado de Alabama nos Estados Unidos, e hoje mora no Texas.
Ela escreveu livros tanto com seu nome verdadeiro quanto com seu pseudônimo.