Resenha: Renascida: Os Sobrenaturais (Saga Acampamento Shadow Falls Ao Anoitecer #1) - C.C. Hunter

24 junho 2016


Edição: 1
Editora: Jangada
ISBN: 9788564850965
Ano: 2015
Páginas: 392

Sinopse: Della Tsang tinha uma vida perfeita, até ser transformada em vampiro e abandonada por todos que ama. Ela se refugia em Shadow Falls, um acampamento para adolescentes com poderes paranormais. Della está treinando para ser uma agente de investigação paranormal – e ela não vai deixar nada nem ninguém desviar sua atenção desse objetivo! Isso significa que não tem tempo para investir no romance com Steve, um metamorfo apaixonante. Quando um novo vampiro chamado Chase aparece no acampamento, a vida de Della fica mais confusa do que nunca. Della terá de enfrentar assombrações fantasmagóricas, uma teia de segredos de família e um novo caso que põe a vida dos seus amigos em perigo.



Renascida é o primeiro livro da série Acampamento Shadow Falls Ao Anoitecer. Nessa série, vamos saber mais sobre a protagonista Della Tsang, uma vampira. Della é uma das melhores amigas de Kylie e era tbm, uma das personagens mais presentes nos livros da série original.
Della é uma protagonista forte, destemida, fala o que pensa e não mede esforços para proteger quem ama. Mas como toda adolescente, tem seus medos e defeitos, ainda mais com os pais que tem.

Neste primeiro volume que começa, basicamente, depois do último livro de Kylie (Escolhida ao Anoitecer), vamos acompanhar Della e seus intermináveis diálogos internos. Como falei na resenha de As Crônicas de Della Tsang, eu adoro essa série, mas Kylie sempre me irritou muito, e como ainda não terminei de ler os livros dela (faltam dois), não sei dizer se ela piorou ou melhorou. Minhas esperanças era que a autora, não fizesse com Della o que fez com Kylie: uma adolescente mimizenta e fresca, tbm implorei internamente que não houvesse triângulo amoroso... bem, tenho ressalvas!
"Ela podia enfrentar monstros nos sonhos e até mesmo na vida real, mas a simples ideia de enfrentar os pais, de ver a enorme decepção estampada nos olhos deles novamente, fazia com que se transformasse numa garotinha aterrorizada."
Infelizmente, a autora nos deu mais um triângulo amoroso para odiar (ou amar, depende de quem lê). Já era certo que Steve ganharia o coração de Della, mas a chegada de um novo aluno no acampamento acaba mexendo com os sentimentos da nossa vampira preferida. Della sabe que Chase lhe trás lembranças ruins, não confia nele, mas tbm sente uma atração física pelo garoto. Chase sabe que é bonito e usa isso a seu favor. Mas ele guarda segredos que, ao serem revelados, pode causar dor em Della.

Fugindo do triângulo amoroso, encontramos uma Della de gênio forte e disposta a mostrar seu valor para entrar para a UPF, a polícia que mantém os sobrenaturais no controle. O sonho de Della é este: se tornar uma agente da UPF. Com a ajuda de Burnett, um dos chefes do acampamento e agente da UPF, Della consegue a permissão para investigar um assassinato envolvendo um vampiro. Mas as coisas não poderiam ser piores: além de se manter alerta, pois seus super sentidos de vampira estão falhando, ela também terá que lidar com seus pais - que acham que ela é uma drogada e/ou alcoólatra. Também terá que lidar com a morte de alguém próximo; com seus sentimentos conflitantes quanto a Chase e Steve, e também com fantasmas que estão tentando lhe mostrar algo.
"Nós somos monstros - disse ela, sem intenção de expressar o pensamento em voz alta. - Não, somos vampiros. E não somos mais monstruosos do que qualquer outra espécie. Inclusive os humanos. A bondade, a maldade e o mal não são exclusividade de nenhuma espécie. Nunca questione isso."
Confesso que eu esperava mais, mas para um primeiro livro, até que a leitura foi gostosa e a história de Della, bem diversificada. Gosto demais dessa protagonista, me identifico com ela quando era adolescente e me sinto mais como uma mãezona com ela. Della é o tipo de protagonista que gosto, mas neste livro, ela perdeu um pouco do brilho que eu via nela. Acho que a autora quis colocar muita responsabilidade para ela logo no começo do livro e isso deixou a personagem meio que desnorteada. Della não sabia no que se focar, e nós leitores, também não.

Do mais, a narrativa é em terceira pessoa, o que gosto muito pois temos uma visão mais abrangente dos acontecimentos. Temos pouca ação, mas as que temos são suficientes para disparar o batimento cardíaco. Gostei também da autora ter colocado dilemas que muitos adolescentes passam, como o descontentamento dos pais quando o filho não é exatamente o que eles queriam que fosse. Tenho uma raiva enorme da família de Della, mas creio que a autora fará algo exemplar para finalizar essa questão, basta esperar pelos próximos livros!
"- Você é durona. - Eu sou sincera - discordou ela. - Algo que você deveria ter tentado ser desde o início. - Ela se levantou do tronco de árvore, espanou a parte de trás da calça e começou a andar."
Como li em e-book, não vou falar sobre diagramação, mas a capa é linda! Na verdade, todas as capas da série são. A capa do próximo volume, Eterna, está ainda mais divina. Logo, logo tem resenha dele aqui no blog.
Para quem curte o gênero e quer ler uma história bem adolescente e com dilemas da idade, indico sim essa série. Gosto da escrita da autora e ainda mais da personagem, por isso, não desistirei!


Livros da Série Acampamento Shadow Falls resenhados aqui no blog:

Acampamento Shadow Falls Ao Anoitecer




Avaliação:



Sobre a autora:




C.C. Hunter cresceu em Alabama, onde ela pegou vaga-lumes, correu descalça, e regularmente resgatou príncipes em potencial, na forma de rãs. Ela agora vive no Texas, com seus quatro gatos resgatados, um cão e um príncipe de um marido, que não é assim um sapo. Quando não está escrevendo, ela está lendo, gastando o tempo com sua família.
C.C. Hunter é um pseudônimo. Seu verdadeiro nome é Craig Christie e ela também escreve romances