Resenha: A Profecia do Pássaro de Fogo (Echo #1) - Melissa Grey

03 maio 2016


Edição: 1
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765978
Ano: 2016
Páginas: 355
Tradutor: Flávia Souto Maior


Livro cedido em parceria com a Editora
Sinopse: No subterrâneo de lugares onde é muito difícil chegar, duas antigas raças travam uma guerra milenar: os Avicen, pessoas com penas no lugar de cabelos e pelos; e os Drakharin, que têm escamas sobre a pele. Ambas possuem magia correndo nas veias, o que os esconde de todos os humanos menos de uma adolescente chamada Echo. Echo conheceu os Avicen quando era criança, e desde então eles são sua única família. A pedido de sua tutora, a garota começa uma jornada em busca do pássaro de fogo, uma entidade mítica que, segundo uma velha profecia, é a única forma de acabar com a guerra de vez. Mas Echo precisa encontrar o pássaro antes dos Drakharin, ou então os Avicen podem desaparecer para sempre


“Os Drakharin culpam os Avicen pelo desaparecimento de seus poderes no decorrer dos anos. Uma acusação ilegítima, claro. Como se uma coisa assim fosse possível! Mas o desespero faz as pessoas acreditarem em coisas malucas. A magia flui por este mundo como um oceano invisível. Ela vem e vai como as marés.”
A Profecia do Pássaro de Fogo se torna presente quando Echo vai roubar um objeto para dar de presente a Ala, e acaba esbarrando na profecia do pássaro de fogo, descobrindo assim, que os Avicen não são os únicos atrás desse pássaro, que segundo conta tem o poder de acabar com a guerra entre o povo Avicen e Drakharin.


Assim, começa aventura de Echo, onde ela não sabe mais quem são seus amigos ou inimigos, alianças são desfeitas, e ela precisa proteger as pessoas que são importantes para ela. A busca por essa profecia dura séculos, será que uma garota humana conseguirá encontrar esse pássaro? Quais escolhas ela precisará fazer?

Bom, eu adorei o livro, é o primeiro da série, mas confesso que no começo não simpatizei muito com a Echo, achei meio chatinha, mas no decorrer do livro fui me afeiçoando a ela.
Outra dificuldade foi conseguir achar os personagens Avicen e Drakharin bonitos, como que uma criatura meio parecida com humanos, mas ou com penas ou com escamas são bonitos? Haha.
Fora isso, os personagens são bem construídos, mesmo os secundários.
“Os feiticeiros já haviam sido humanos, mas a magia negra vinha com um preço, e o poder lhes custara a humanidade.”
Depois fui conseguindo assimilar pela riqueza de detalhes que a autora passa sobre os personagens, e isso me cativou muito. A escrita é gostosa e fluída. Possuí muitos detalhes, o que comparado a obra em si, não se tornou uma leitura cansativa. A autora soube dosar bem os sentimentos dos personagens e suas descrições.


A capa é linda, com relevo e verniz (sou suspeita para falar porque adoro roxo, e souberam trabalhar bem as cores), páginas amarela e letras de tamanho adequado; os divisores de capítulos são simples. Possuí boa diagramação, sem erros de revisão aparentes. A Editora Seguinte sempre capricha nos exemplares, não tenho o que reclamar, ainda mais com o marcador que vem na contra capa do livro!!!! *-*
“­­- Então por quê? Ele não fez a pergunta que realmente queria. Por que esta sendo tão gentil? Como pode ser tão boa? - Porque já existe crueldade demais nesse mundo. Não preciso contribuir.”
Eu achei interessante o fato do livro não ser previsível, e abordar os outros personagens tão essenciais para a trama quanto os principais. Percebemos que nem tudo é linear, não são separados em bons e ruins, existe um pouco de tudo nos personagens desse livro, da para ficar na dúvida de para quem torcer. Super recomendo e aguardo ansiosa a continuação!









Avaliação: 



Sobre a autora:




Melissa Grey escreveu seu primeiro conto aos doze anos e não parou de escrever desde então. Como uma graduação na Universidade de Yale, ela aprendeu como cavalgar e disparar com arco e flecha, ao mesmo tempo, mas não teve muito uso para essa habilidade desde a graduação em 2008.
Seu romance de estreia, "The Girl at Midnight" (no Brasil, A Profecia do Pássaro de Fogo), já está à venda. O segundo livro da trilogia, "The Shadow Hour", será publicado em Julho de 2016. O terceiro e último livro da série "The Savage Down" vai sair no verão de 2017.