[Novembro Nacional] Resenha: O Garoto Quase Atropelado - Vinícius Grossos

18 novembro 2015




Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788562409462
Ano: 2015
Páginas: 272

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: "Uma história inesquecível sobre adolescentes que escolheram acreditar no que sentiam. Você vai se emocionar" - Bruna Vieira, autora do Depois dos quinze.Um garoto sofreu com um acontecimento terrível.
Para não enlouquecer, ele começa a escrever um diário que o inspira a recomeçar, a fazer algo novo a cada dia.
O que não imaginou foi que agindo assim ele se abriria para conhecer pessoas muito diferentes: a cabelo de raposa, o James Dean não-tão-bonito e a menina de cabelo roxo, e que sua vida mudaria para sempre!
Prepare-se para se sentir quase atropelado de uma forma intensa, seja pelas fortes emoções do primeiro amor, pelas alegrias de uma nova amizade ou pelas descobertas que só acontecem nos momentos-limite de nossas vidas.
Estar vivo e viver são coisas absolutamente diferentes!





Envolvente, Misterioso e Cativante.

O Garoto quase Atropelado é um livro que vai ficar na minha memória, adorei a forma como o autor narra a história; triste e ao mesmo tempo bem humorada. Me lembrou um pouco as vantagens de ser invisível, por tratar de dramas de adolescentes de uma perspectiva diferente, muito profundo e emocionante.


O autor teve uma sensibilidade única ao relatar os acontecimentos na vida dos personagens, que apesar de serem bem fortes, foi passado de uma maneira suave, e mesmo assim me levou a lágrimas por diversas vezes.

O livro trata principalmente de 3 assuntos polêmicos e pouco falado na vida desses quatro jovens que o destino uniu. Para que juntos fossem capazes de descobrir como sobreviver à adolescência, retrata vários conflitos externos e internos e como cada um deles reage a eles.
Como acontecimentos em uma determinada fase da vida pode nos marcar?


Fiquei imaginando os adolescentes que encontro na rua e me perguntando se eles passam por situações assim, sei que é mais comum do que parece. E penso em como eles conseguem lidar e superar, se tem o apoio da família e amigos. Enfim, é um livro que me fez refletir bastante.

A capa é divertida, não traz a carga emocional do livro, mesmo assim é condizente com o enredo. Possui verniz localizado e orelhas; páginas amarelas e letras em tamanho adequado. Os divisores de capítulos são simples com algumas gravuras e boa diagramação.
Parabéns a editora por mais este belíssimo exemplar. Tenho certeza que o livro em si faz jus a história incrível que ele carrega.
Espero que possam descobrir os segredos desses amigos e que sintam como eu senti...


Avaliação:


Sobre o autor: 





Vinicius Grossos é taurino, leitor voraz e perseguidor de sonhos. Ama comida italiana, dias nublados e café. Nasceu em 1993, no estado do Rio de Janeiro e, quando pequeno, tinha o sonho de trabalhar em uma livraria apenas para poder ler tudo o que fosse possível. Já quis ser desenhista, mas sua falta de talento o ajudou a se encontrar como escritor. Publicou seu primeiro livro, Sereia negra, em 2014, e participou de diversos eventos e feiras literárias.