Resenha: Métrica - Slammed #1 - Colleen Hoover

24 abril 2015

Desafio Literário I Dare You - Abril: Young Adult



Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501401861
Ano: 2013
Páginas: 304
Tradutor: Priscila Catão

Adicione no Skoob
Compre AQUI - R$ 24,42
Sinopse: O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Resenha:

Já vou parar de chorar e escrever a resenha, pera aí!

"Escolham bem suas batalhas, mas não escolham muitas."
Eu já tinha lido muitas resenhas de livros desta autora, mas este é o primeiro livro que leio dela. Sempre achei as resenhas maravilhosas e pensava: Ha! Não pode ser tudo isso neh? Tem que ter um defeitinho que seja..." Pois bem, não tem, Colleen Hoover entrou para minha lista de "autores super fodas que amo para sempre!" Isso porque li somente um livro dela, quando ler os demais, posso morrer feliz porque aí sim, terei lido de tudo! rs
"Eu me abaixo um pouco no banco e apoio os pés no painel, observando Kel e seu novo amigo lutando com espadas imaginárias na rua. Fico com inveja dele. Inveja por ele conseguir aceitar a mudança com tanta facilidade, enquanto eu tenho de ser a filha com raiva, amarga."
Você pode pensar que estou passando dos limites e tal, mas não! Sinceramente, este foi um dos melhores livros que li este ano. Métrica trás um enredo repleto de dilemas que nenhum adolescente deveria vivenciar, mas a vida sempre acontece não é? E Layken, mesmo depois de ter perdido seu pai, ainda terá muitas outras provações... cabe a ela escolher o caminho a seguir.


O livro já começa tenso... Layken está se mudando, depois da morte de seu pai, sua mãe resolve que vão sair do Texas e morar em Michigan. Lake não aceita a mudança repentina, mas vai com sua mãe e seu irmão. Ela deixa para trás seu amigos (que era poucos), sua escola, sua casa, onde nasceu e viveu os melhores momentos com seu pai. Lake não quer se adaptar, pensa que, assim que for maior de idade, voltará para o Texas independente do que sua mãe ache. Mas seu vizinho Will pode fazê-la mudar de ideia - será que a fase ruim passou? Agora Lake pode finalmente começar a encontrar a felicidade? Não! Cada batalha tem sua hora de acontecer...
"Apesar das minhas objeções, percebo, de modo ridículo, que tinha acabado de vivenciar o beijo mais apaixonada que recebi de um garoto - e foi na porcaria da testa!"
Quando eu comecei a ler este livro, pensei que seria um romance bem melosinho.... mas não é... na verdade, o romance entre Lake e Will tarda a começar por problemas pessoais que que não param de acontecer. Lake é uma protagonista única: com seus anseios e desejos, sempre forte e destemida. Mas teve momentos que ela se tornou pior que seu irmão Kel, de 9 anos... mas acho que com todos os problemas envolvidos, seria normal ela se sentir assim.
Will é um rapaz adorável! Perdeu seus pais em um acidente e cuida sozinho de seu irmão Caulder. Além de estudar, tem seu trabalho que é um dos motivos para não se entregar a paixão que sente por Lake. Will é um personagem que faz você gostar dele logo no início, muito diferente dos mocinhos que encontramos por aí!


Todo o enredo é maravilhosamente escrito, o leitor não sente vontade de largar o livro; por diversas vezes fiquei pensando na história enquanto não estava lendo, e independente de ser um trilogia, estou muito curiosa para saber o que acontecerá nos próximos livros, já que o final deste foi como um ponto final na história para mim.
Os personagens são bem construídos e absurdamente reais. Até as crianças, Kel e Caulder, me deixaram de boca aberta com sua inteligência e modo divertido de levar a vida.
"Ele encosta a testa na minha e desliza as mãos pelos meus braços. Nossos olhos se encontram quando os abrimos. É neste momento que finalmente compreendo por que minha mãe aceitou seu destino com apenas 18 anos."
A narrativa é em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Lake, o que gostei muito, pois podemos conhecer a história dela e de sua família; o amor que sentia pelo pai e sente pela mãe e pelo irmão. A capa é linda e essa chave condiz perfeitamente com o enredo. A diagramação é simples mas bem feita sem erros de revisão aparentes. Os capítulos são marcados por números e trechos das músicas da banda preferida de Lake e Will, The Avett Brothers. Além da narrativa empolgante e sucinta, a autora aborta a poesia em forma de slam, e muitas vezes fiquei fragilizada com os poemas apresentados.


Um livro incrível, sobre família, amor, vida, morte e responsabilidade. Um livro que indico para todos! Drama na medida certa, romance gostoso e com um final maravilhoso!
"Quando olho para as mudanças que ocorreram na minha vida nos últimos oito meses, percebo que não dá pra ter a miníma ideia de como minha vida vai estar daqui a esse mesmo tempo. Ao deitar e fechar os olhos, tomo uma decisão. Will não vai ser mais minha prioridade número um. Minha mãe vem em primeiro, depois Kel e, por último, a vida."


Avaliação:


Sobre a autora:

Colleen Hoover nasceu 11 de dezembro de 1979, em Sulphur Springs, Texas. Ela cresceu em Saltillo, Texas, e formou-se a partir de Saltillo High School, em 1998. Em 2000, ela se casou com Heath Hoover, com quem ela já tem três filhos e um porco chamado Sailor. Hoover formou na Texas a & M-Commerce com uma licenciatura em Serviço Social. Ela trabalhou vários trabalhos de ação social e de ensino, até que ela começou sua carreira como escritora.
Em novembro de 2011, Colleen começou a escrever seu primeiro romance, sem nenhuma intenção de ser publicado. Ela foi inspirada por um poema lírico, "decidir o que ser e ir ser isso", a partir de uma canção Avett Brothers "Cabeça cheia de dúvidas / estrada cheia de promessas". Devido a isso, ela incorporou letras Avett Brothers em toda a história. Depois de alguns meses, seu romance foi revisado e dado 5 estrelas por grande blogger de livros, Maryse Preto. Com isso, as vendas aumentaram rapidamente, e por insistência dos fãs, teve sua sequela, Pointo de Retreat, ambos na lista New York Times Best Seller.


 Participe do Top Comentarista