Resenha: Filhos de Lilith - O Despertar - Elaine Velasco

14 abril 2015

Edição: 1
Editora: Madras Teen
ISBN: 9788537009468
Ano: 2015
Páginas: 160
Adicione no Skoob
Compre AQUI - R$ 19,90

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Alice não se lembra de seu passado, de quem era ou de onde veio. Fatos por ela desconhecidos sobre sua antiga família humana e sua ascendência a ligam diretamente a Lilith, a mãe dos súcubos e íncubos, senhora do inferno, esposa de Lúcifer e rainha das bruxas, tornando-a objeto de desejo de todas as criaturas da noite. Tudo que Alice sabe é que seu corpo anseia desesperadamente por sangue e prazer. E, para saciar-se, está disposta a tudo. É assim que Carol a encontra, no centro de São Paulo, e oferece-lhe abrigo, proteção e esclarecimentos. Entretanto, há também um antigo clã de vampiros interessados na garota, que não hesitará em tentar aliciá-la, usando como artifício o belo e sedutor João Eduardo. Batharyal, um notório anjo caído, rei dos ladrões, também possui seus próprios planos para a confusa Alice e entrará nessa disputa.
Porém, uma estranha força a mantém ligada a seu criador, o excêntrico íncubo Alejandro, que conhecendo-a como ninguém, não hesitará em lançar mão de sua maior fraqueza: o amor por um humano…

Resenha:

Este é o primeiro livro que recebemos em parceria com a Madras Teen e confesso que adorei o resultado. O livro está lindo demais, vou falar mais sobe ele, antes, vamos nos atentar a história de Alice.


Como a sinopse diz, Alice não sabe quem o que é. Não lembra de seu passado e confusa, acaba pelas ruas de São Paulo, sedenta por sangue e prazer. Com o desenrolar do enredo, Alice vai aos poucos descobrindo no que se tornou e junto com isso, suas lembranças também vão voltando, mas são dolorosas.
"A única coisa da qual se lembrava nitidamente era Dele. Seu sequestrador. Sempre que fechava os olhos, vinha-lhe a imagem terrível daquele ser de olhos vermelhos, pele branquíssima e cabelos cor de fogo. Ela chacoalhava a cabeça, tentando se livrar desses pensamentos e das sensações que eles traziam. Asco e medo. Muito medo."
Os Filhos de Lilith é um livro de literatura fantástica, com os seres sobrenaturais que mais amo: Vampiros. Reparei que a autora gosta muito de Crepúsculo, pois o cita no livro e o nome da personagem principal é o nome de uma das personagens da saga. Adorei isso, gosto de toda e qualquer criatividade que os autores usam em seus livros e apesar de não gostar de certas coisas na Saga Crepúsculo, admito que é uma boa história. Aqui, neste volume, não vamos encontrar uma personagem irritante como a Bella, mas uma personagem diferente em todos os sentidos.


Alice me agradou durante quase todo o livro, só fiquei desejosa de um aprofundamento maior, pois como se trata do primeiro livro de uma série, esclarecimentos são sempre encontrados. Ainda não consegui formar uma opinião sobre ela, e isso me assusta, geralmente gosto ou não gosto dos personagens logo nas primeiras folhas o que não aconteceu aqui. A autora conseguiu me deixar curiosa durante todo o livro e fiquei muito triste quando acabou com nenhuma das minhas perguntas respondidas! rs.
"Alice sempre fora frágil e delicada, incapaz de matar uma barata, e agora não conseguia compreender o que motivara tal ato insano de sua parte."
Além de Alice, encontramos outros personagens que foram muito bem construídos, Carol por enquanto é minha preferida e tenho para mim que surpresas por parte desta personagem virão nos demais livros.
Outro personagem que gostei muito foi Victor, ele tem aquele ar ameaçador, sexy e sutil, o que eu acho que todos os vampiros deveriam ter.

Por falar em sexy, encontramos uma leitura gostosa e sensual, onde o ato em si não é descrito, mas toda a volúpia e desejo que ele desperta estão lá, muito bem escritos.
A narrativa é em terceira pessoa e, abrange principalmente o ponto de vista de Alice. A história criada pela autora é muito boa, e seus vampiros levam o esterótipo dos vampiros antigos, aqueles que queimam com o sol, são sexys, choram sangue e bebem sangue humano. Também encontramos outros seres sobrenaturais igualmente fantásticos - anjos, demônios, nefilins e jiins. Creio que mais seres serão abordados na trama nos próximos livros, e isso me deixa eufórica pelo próximo volume.


A diagramação é simples, com folhas amarelas e bom espaçamento entre as letras, o que facilita a leitura. A capa é linda e condiz perfeitamente com o enredo apresentado. Os capítulos são separados por números e são curtos, levando o leitor a ter uma leitura nem um pouco cansativa. A editora está de parabéns, apesar dos poucos erros de revisão que encontrei, o livro está muito bonito e bem feito!
"-Está se formando uma guerra entre o céu e o inferno, Alice. Entre anjos e demônios. E nós estamos exatamente no meio dela.
A declaração do vampiro deixou a recém-criada estupefata, fazia apenas um dia que ela descobrira que anjos e demônios não eram apenas fábulas, e agora já se via jogada no centro de uma batalha entre eles."
Enfim, indico a leitura para todos que, como eu, adoram conhecer os diferentes tipos de vampiros que rondam a imaginação dos autores. Por ser um livro nacional, indico ainda mais, pois o cenário é São Paulo, uma cidade conhecida por muitos por suas baladas, favelas e criminosos. Aventure-se no mundo dos Filhos de Lilith e deixem-se envolver!


Avaliação:


Sobre a autora:


Elaine Velasco nasceu no interior de São Paulo, na cidade de Itapeva, em junho de 1981. Formada em Matemática, com especialização em Gestão e Supervisão de Ensino, lecionou por uma década em escolas públicas, particulares e também em Instituições de Ensino Superior. Atualmente, dedica-se integralmente à Literatura, além de escrever, trabalha na área de editoração na Madras Editora.



 Participe do Top Comentarista