Resenha: Magisterium - O Desafio de Ferro - Livro I - Holly Black e Cassandra Clare

30 dezembro 2014

Edição: 1
Editora: #Irado 
ISBN: 9788581635576
Ano: 2014
Páginas: 384
Tradutor: Amanda Orlando
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre AQUI - R$ 17,90
Sinopse: AMIGOS E INIMIGOS. PERIGO E MAGIA. MORTE E VIDA. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior... mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro. Magisterium - O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado.
Resenha:
"Outras crianças da turma de Call tinham medo do escuro, do monstro debaixo da cama, de zumbis ou de assassinos com machados gigantes. Call temia os magos, e o seu medo era mais intenso que o de qualquer garoto."
Aí você pensa: Não há mais nada que esses autores lindos possam inventar, já tem de tudo neste mundo literário, são só versões diferentes da mesma história. Mentira! Essas duas lindas, conseguiram criar personagens maravilhosos, dentro de um enredo infanto-juvenil que encantará todas as idades!
O Desafio de Ferro é um livro lindo começando pelo lado físico: A capa é linda demais, fosca com detalhes em verniz em algumas partes. Por dentro, em cada capítulo, ha uma imagem dos personagens e também o símbolo do Magisterium que é uma escola que forma possíveis magos. 


"Os magos instigarão você com belas ilusões e mentiras elaboradas. Não caia na conversa deles."
Aqui, vamos conhecer Callun Hunt, um menino de 12 anos que possui um problema na perna, e por causa disso, sempre é deixado de lado pelos seus colegas. Call não tem amigos, todos acham ele esquisito. Seu pai Alastair, sempre o manteve longe da magia. Desde o nascimento de Call que Alastair, um mago formado, não utiliza a magia. Mas agora, Call foi convocado para o Desafio de Ferro, sua meta é falhar, mas ele acaba falhando em falhar... seu pai não o quer no Magisterium, Call também não quer ir, mas os motivos de ambos são totalmente diferentes.
"Os Dominados pelo Caos são servos do Inimigo. Eles têm um pedaço do vazio dentro de si, o que os torna mais espertos que outros animais, porém mais insanos e sedentos por sangue. Só o inimigo ou um de seus servos podem controlá-los."

Sabe aquele personagem que te cativa logo que você começa a leitura? É! Call é esse personagem! Por mais que ele tente, ele não consegue ser indiferente a tudo que o cerca dentro do Magisterium. Mesmo com todas as coisas que seu pai lhe falou sobre como os magos são maus e que não se importam com os aprendizes, Call fica fascinado com o poder que ele pode controlar. Um garoto que sempre quis poder correr e agora pode voar. Um garoto que nunca teve amigos, e agora ele tem dois. Um garoto que só queria ser comum, mas descobriu que pode ser um mago!



Com uma história cativante, com Magos, Devoradores do Caos, animais Devorados pelo Caos e muitos mistérios, Holly e Cassandra prendem o leitor em uma aventura eletrizante, cheia de mistérios e segredos. Com personagens marcantes e engraçados, essa história vai fazer você desejar desesperadamente o próximo volume e torcer para Call conseguir superar seus desafios junto com seus amigos Aaron e Tamara. 
"O fogo quer queimar. A água quer fluir. O ar quer se erguer. A terra quer unir. O caos quer devorar."

Como eu disse, a edição está perfeita! A narrativa é em terceira pessoa, com foco principal em Call. Este é o primeiro livro do selo #irado que leio, e adorei o livro todo! Muito bonito mesmo, a editora fez um belo trabalho, não encontrei nenhum erro de revisão. Também é o primeiro livro que leio de Holly Black, Cassandra é autora da série Os Instrumentos Mortais, que eu amo, e foi mais por isso que eu comprei este livro, mas confesso que essas duas juntas, conseguiram ser maravilhosas e me prender totalmente na trama!
""Ótimo", Call pensou. "O Mestre Rufus disse que eu só tenho que suportar este ano, então eu vou fazer isso. Vou ser o melhor mago deste lugar, só porque ninguém acha que eu posso fazer isso. Nunca tentei de verdade antes, mas vou tentar agora.""
Enfim, deixa eu parar, senão conto tudo! rsrsrsrsrs
Super recomendo a leitura! Deixe-se envolver pelas paredes de pedra do Magisteruim, encare a morte de frente, conheça Call e se apaixone pelo seu jeito irreverente!




Avaliação:



Sobre as autoras:



Cassandra Clare é filha de pais americanos e nasceu em Teerã, Irã, e passou grande parte de sua infância viajando com sua família, incluindo uma expedição ao Himalaia quando bebê, que a fez viver durante um mês dentro da mochila de seu pai. Ela viveu na França, Inglaterra e Suíça antes de completar dez anos. Por sua família mudar-se tanto, ela encontrou conforto nos livros e sempre tinha um em baixo dos braços. Passou seu colegial em Los Angeles, onde ela costumava escrever histórias para entreter seus colegas de classe, incluindo um romance épico chamado “The Beautiful Cassandra” (A Bela Cassandra) baseado em uma pequena história de Jane Austen de mesmo nome (e que inspiro seu atual pseudônimo).

Holly Black é autora de best sellers de fantasia contemporânea para adolescentes e crianças. Ela cresceu em Nova Jersey e amava ler e escrever desde muito nova. O primeiro livro dela, Tithe: A Modern Faerie Tale, foi publicado em 2002. Tithe foi chamado de “obscuro, intenso, lindamente escrito e compulsivamente legível” pela Booklist e foi incluído na Associação Americana de Melhores livros para Jovens Adultos. Holly escreveu mais dois livros no mesmo universo, Valiant (2005), e a sequencia de Tithe, Ironside (2007), que passou cinco semanas na lista de melhores livros do New York Times.