Resenha: Almas Gêmeas - Fátima Friozzi

26 dezembro 2014

Edição: 1
Editora: Komedi
ISBN: 8575822586
Ano: 2006
Páginas: 224
Adicione no "Orelha de Livro"


Livro cedido pela autora para resenha
Sinopse: A narrativa se passa em torno de almas gêmeas que encarnam em personagens distintos, em diferentes momentos e até em diferentes épocas... Isso ocorre para que uma profetização divina, de um estaria destinado ao outro, se cumpra... Entretanto, as ações e imperfeições humanas, principalmente os desejos irrefreáveis e mesmo as circunstancias, acabam por empurrar as personagens por caminhos que se cruzam, mas que não cumprem com os desígnios divinos. A vida das personagens se entrecruza com fatos históricos marcantes da vida brasileira e mostra personagens reais ao lado dos fictícios, dando à narrativa uma linha temporal organizada e com nítidos traços de verossimilhança, ou seja, atribui a fatos criados ficcionalmente um claro efeito de verdade, o que prende e orienta o leitor nos inúmeros descaminhos percorridos pelas almas gêmeas... De modo geral, a história aborda o tema da reencarnação e de presença dos espíritos acompanhando os atos humanos, neles interferindo na medida de suas capacidades, mas apresenta o ser humano como aquele que sempre, em última instância, determina o rumo real de sua vida, mesmo contrariando desígnios divinos... O livre-arbítrio é a marca presente numa releitura humana dos destinos traçados espiritual e divinamente por entes superiores... É uma história que mostra o ser humano em toda a sua plenitude: seu lado carnal, com vícios, defeitos, arroubos, limitações e outras imperfeições: mas também seu lado divino, cumprindo, mesmo que por linhas tortas, o destino traçado aos seres que não são apenas matéria, mas feitos à imagem e semelhança de um ser superior... Histórias de amor que ultrapassam todos os limites de vida, morte e reencarnação. 




Resenha: 

No começo do livro existem dois pontos que não compreendi direito, não relacionado com a história, o primeiro é falando de uma menina Lindaura (achei que teria algo no decorrer do livro, acredito que esteja nas continuações) e o segundo foi uma “explicação” ao leitor sobre numerologia para saber se são almas gêmeas (esse definitivamente eu não consegui entender, nem como fazer, porque ficou confuso, nem porque fazer já que no final diz que mesmo se não der alma gêmea não é para se preocupar..???) Enfim..

Em relação a historia, achei um pouco repetitiva e de difícil compreensão, apesar de ter gostado da narrativa, acredito que a autora quis expressar muita coisa em tão poucas páginas, o que deixou a escrita muito carregada de informações, e por várias vezes tive que voltar algumas páginas para poder entender.
“Acredito que um filho deve amar o pai, sem dar importância a como ele é. O pai dá ao filho a oportunidade da vida, e a vida não tem preço... Não há tesouro no mundo maior que a vida.”
A história se passar em torno de 4 personagens principais Jose Carlos, Caio José, Gloria e Dalva. Que em algumas vidas acabam tendo o mesmo nome (o que acho pouco provável).
E o que o livro fala é sobre como as nossas ações passadas ou presentes podem causar resultados na nossa vida e das pessoas que mais amamos.
Como pequenas atitudes ou mentiras têm efeitos catastróficos no futuro.
A autora também tenta demonstrar que todas as pessoas que passam por nossas vidas possuem alguma ligação, seja algum débito ou algo benéfico. Ninguém está na vida de alguém por acaso, isso tanto em relação aos pais, filhos, companheiros e amigos. Por isso que às vezes encontramos uma pessoa que parece que conhecemos há muito tempo, tamanha a afinidade, ou criamos antipatia sem nenhum motivo aparente. Porém os laços mais fortes são sempre os de parentesco ou marido e mulher, a ligação que temos com eles é mais forte.
O conceito de reencarnação foi abordado de forma diferente no livro, tanto como quando a mulher engravida a alma já vai para o bebê e também que a alma só foi levada para o bebê no momento do nascimento, isso me deixou preocupada, pois aparenta que enquanto a criança não nasce ela não possui alma, então se a mãe abortasse não seria pecado.

As vidas desses personagens sofrem várias reviravoltas em decorrências das ações de todos os envolvidos, chegando a sair do caminho traçados para eles. O que causa muito sofrimento, e parece uma bola de neve, sempre gerando mais débitos e desencontros. A autora demonstra mais o lado triste dessas relações cármicas, o que deixou o livro muito dramático, pois acredito que mesmo com todos os nossos erros existem coisas boas que fazemos e também temos os resultados disso.
Ela poderia ter explorado mais as formas de relações cármicas e menos explicação de todos os envolvidos na história, o que me deixou bastante confusa. E quando estava entendo a explicação o livro acabou e o restante só na continuação.

A diagramação é simples e de páginas brancas, o que não dificulta a leitura por causa do tamanho da letra. A capa é simples, eu que adoro uma capa fiquei um pouco decepcionada com essa.
“Estarei esperando por você no mesmo lugar onde um dia tudo começou errado em nossas vidas.”

Avaliação: 2 estrelas

Sobre a autora: 



Aparecida de F. C. Friozi, conhecida no campo literário como Fátima Friozi. Em 1979 escreveu a peça de teatro, que foi encenada no mesmo ano por estudantes da mesma escola que frequentavam. Em 1988 duas obras foram radializadas como história do sertão pela Radio Dinâmica da cidade de Santa Fé do Sul. Em 1991 escreveu uma peça infantil que foi vertida para o inglês e apresentada pelos alunos do Colégio Ateneu de Campinas; SP. Em 1997 escreveu outra peça de teatral que foi encenada na semana de Natal, na igreja São João Batista, em Campinas; SP. Em 1999 a peça de 1991 se transformou num livro infantil, editado pela Komedi, de Campinas SP. Em 2000 participou da IV Coletânea Komedi, com contos e também se integrou o conjunto de obras do CPAC Centro de Poesia e Arte de Campinas, com vários poemas. Em 2001 participou da V Coletânea Komedi, com contos e poemas. Em 2005 a primeira edição de Almas gêmeas Laços e Espinhos foi editado em livro pela editora Komedi. Em 2009 a peça O Morceguinho que virou donzela, foi encenada pelos alunos da escola E.E. professora Maria Dores F. Rocha, Santa Rita d'oeste: SP. Em 2013 o livro Sacrifício Final foi lançado pela editora internacional Seven system.