Resenha: A Guerra dos Fae - Luz e Trevas Livro 3 - Elle Casey

29 novembro 2014

Edição: 1
Editora: Geração
ISBN: 9788581303055
Ano: 2014
Páginas: 384
Tradutor: Chico Lopes
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre AQUI - R$ 20,74

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Jayne Sparks está mais destemida, engraçada e rebelde do que nunca, tendo que enfrentar os problemas causados acidentalmente pelo duende Tim, aprender a manipular melhor seus poderes com O Verde, conhecer traições de um grande amigo e descobrir quais são os motivos secretos pelos quais há uma guerra incessante entre Faes das Trevas e Faes da Luz. Seus poderes podem torná-la vulnerável às manipulações dos Fae das Trevas, e ela poderá torna-se prisioneira de forças inimigas. Mas sua astúcia sempre estará lá. 
Resenha:

Como a sinopse diz, Jayne está de volta mais fodona do que nunca (perdão pelo palavrão, mas a Jayne é mesmo fodona). Neste volume vamos conhecer mais sobre seus poderes, descobrir alguns segredos, conhecer personagens novos, embarcar em aventuras divertidas e perigosas... afinal estamos falando de Jayne neh? Apesar de todo poder que ela tem, ela também é um imã para problemas....
"Tinha certeza de que a regra que eu tinha para garotos humanos se aplicava para os fae também - ou seja, quanto mais bonitos eles forem, pior tratarão as garotas e mais superficiais são. Que garoto vai desenvolver uma personalidade descente se todo mundo simplesmente lhe dá tudo que ele quer só porque é lindo?"

Luz e Trevas começa exatamente de onde Chamado às Armas parou. É um dos pontos que mais gosto nesta série. Não tem aquele blábláblá sobre tudo o que já aconteceu. Claro que ela relembra alguns pontos importantes, mas é só isso! A narrativa continua em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Jayne e gente! Como eu amo essa personagem! Sabe aquela personagem durona, amiga, sensível, verdadeira? Então, é Jayne. Vocês não imaginam o que ela é capaz de fazer por seus amigos. Seu senso de humor sarcástico e sua boca suja são outros pontos que me deixam mais encantada com a série. Jayne não leva desaforo pra casa. Ela enfrenta o que puder, e se não puder, corre! Isso mesmo, ela não tem vergonha disso!
"Eu havia feito alguns amigos ali, isso era verdade. E não queria mal a nenhum deles, nunca faria nada para machucar nenhum deles. Mas se eu tivesse que escolher entre eles e Tony? Seria Tony todos os dias da semana e duas vezes no domingo."

Este volume focou mais em seus amigos, o que não foi de todo ruim, podemos acompanhar o que seus amigos também são capazes de fazer por ela e entender a verdadeira amizade que os cercam. Também encontramos uma explicação mais plausível para definir os Fae da Lus e das Trevas. Mais para o final é que a coisa ficou séria, mas como é típico da autora... acabou! rsrsrsrsrrs Adoro isso, me deixa desesperada pelo próximo volume mas, fazer o que? Vida de leitor neh?



As capas desta série são lindas demais. Mas essa em especial, me deixou desgostosa... não consigo ver a Jayne de vestido, mas é impossível não concordar que a capa é bonita! A diagramação segue o mesmo parâmetro dos outros volumes: Folhas amarelas, fonte em tamanho confortável para a leitura, capítulos divididos por números e um destaque na folha mais escura. Não encontrei nenhum erro de revisão. Resultado? Livro perfeito! Não é só porque sou fã que recomendo a leitura, tenho certeza que Jayne e seus amigos podem conquistar qualquer idade!
"Minha vida havia dado um giro completo. Eu havia deixado de ser ninguém, invisível, para me tornar alguém que ninguém queria perder. Se antes eu tinha dúvidas sobre ser fae, agora haviam desaparecido completamente."

Avaliação:



Acompanhe as resenhas da série:


Sobre a autora:



Vem escrevendo desde os quatro anos de idade e vem vivendo como escritora de tempo integral desde 2010 no sul da França com o marido e três filhos. E desde então vem construindo para ter o próprio vinhedo. Elle não submete seus trabalhos a agentes acreditando que publicá-los online é um caminho mais justo e fácil tomado por diversos escritores antes dela. Atualmente escreve diversas séries sendo acusada de ser um ciborgue por publicar em média um livro por mês.