Resenha: Breves Coisas da Vida - Crônicas sobre a beleza dos detalhes - Danielle Meniche Cruz

14 novembro 2014

Edição: 1
Editora: Chiado Editora
ISBN: 9789895116850
Ano: 2014
Páginas: 86
Adicione no "Orelha de Livro"

Livro cedido pela autora para resenha
Sinopse: A vida passa rápido. Você olha no relógio num minuto e no outro lá se foi uma hora. A gente não anda, corre. A gente não come, engole. A gente não tem tempo para olhar nos olhos enquanto conversa, pois o WiFi é mais importante. A gente não enxerga o homem que pensa na vida sentado nas escadarias do metrô. O músico que toca violino na praça movimentada e faz as lembranças ecoarem. A moça que estampa a tristeza no meio-fio da solidão. As gafes que quebram a rotina. Encontros inesperados com o destino. Pequenos gestos. Olhares curiosos. A gente segue em frente e os detalhes da vida passam despercebidos no dia-a-dia corrido. As crônicas de Breves Coisas da Vida revelam essas situações que os olhos apressados não vêem e mostra que aqueles momentos peculiares do cotidiano fazem parte das belezas da nossa existência. Esta coletânea de quarenta e oito textos aborda as lembranças de infância, relações familiares, a falta de tempo, o autoconhecimento e muitos assuntos sobre os quais nos questionamos hoje em dia.

 


“Pode ser aterrorizante uma pagina em branco, mais sabe o que ela é? Um começo.”
Começo essa resenha, agradecendo a autora por ter nos enviado este livro. Muito obrigada por nos confiar essa tarefa, ficamos muito felizes quando somos procurados pelo nosso trabalho.

Acredito que o intuito da autora é nos fazer refletir o quanto à vida é breve, o quanto deixamos para trás nossos planos e sonhos. De maneira suave, a autora fala sobre os acontecimentos tristes, alegres e divertidos com um toque de nostalgia.

Também relata o cotidiano da vida em São Paulo, suas lembranças com a mãe e a avó. Algumas crônicas eu gostei bastante e outras eu não consegui compreender o que o que a autora quis passar. O que achei interessante foi o fato dela relacionar musicas nas crônicas.


O livro é pequeno, mas trás grandes palavras e pensamentos. A capa é muito bonita, com diagramação simples, com alguns erros que não dificultam a leitura. Gostei da escrita da autora, de uma maneira leve e suave, ela nos mostra a beleza dos detalhes.
“Ela ressoa no chuveiro, no carro, no ônibus, nas lojas e supermercados, na rua, na calçada, na avenida e aonde sua voz entoar e seus ouvidos captarem sua melodia, seu nome: musica”.

Avaliação:


Sobre a autora: 


“Meu nome é Danielle Meniche Cruz, mas todo mundo me chama de Meniche. Nasci na cidade de São Paulo em 1983. Comecei a me interessar pelas palavras quando criança. Havia uma tia que trabalhava em uma grande editora, quando a impressão não saia conforme o planejado, ela trazia aqueles livros para mim. Desde então, eu que não tinha o hábito da leitura e nem me importava muito, comecei até a escrever algumas histórias. Hoje, está claro que meu propósito de vida é transmitir sentimentos através das palavras. Semanalmente publico no Blog da Meniche. Este ano participei das antologias Livre para Voar (Andross Editora), Palavra é Arte (Cultura Editorial) e O Tempo Não Apaga (Celeiro de Escritores). Estarei por aqui regularmente e será um prazer receber vocês neste espaço.”