Resenha: Insônia - Série Nefilins - Mari Scotti

28 outubro 2014

Edição: 2
Editora: Aped
ISBN: 9788582550236
Ano: 2013
Páginas: 344
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre AQUI - R$ 25,00


Sinopse: Suzanna perde os pais com oito anos de idade é salva por alguém que ninguém acredita existir. Quando está perto de completar dezoito anos, coisas estranhas passam a acontecer. Dois rapazes surgem em sua vida, são misteriosos e parecem saber muito mais sobre ela do que deveriam. Ela precisa escolher entre um ou outro, mas não sabe que essa escolha mudará sua vida para sempre.
Resenha: 

Cada livro nacional que leio, me deixa mais feliz por nosso país ter autores tão maravilhosos! Insônia estava na minha lista de desejados desde sua primeira edição, mas só consegui finalmente comprá-lo neste ano, o que não foi ruim, só fiquei triste por ter demorado tanto para tê-lo e lê-lo! rsrsrsrrsrs

Este não é o primeiro livro que leio da autora Mari Scotti. Já li Híbrida e adorei. Como sou fã de vampiros, acho que ele me chamou mais atenção, mas depois de ler este livro, estou perdidamente apaixonada pelos anjos da Mari! Só ainda não escolhi um, fico no vai e vem, o mesmo acontece com a personagem Suzanna.


"Eu não queria me apaixonar, queria ser escritora. Escritores sofrem por não terem um amor correspondido, eu poderia escrever sobre isso, um amor não correspondido, mas e s desse tudo errado e ele também gostasse de mim?"
Insônia é um livro gostoso de ler, com cenas marcantes e engraçadas. A autora criou uma personagem chorona e pouco chamativa, mas os atrativos que deveriam ser dela, Mari distribuiu entre Pietro e Arthur, os donos de toda a minha atenção no livro. Cada qual tem seu valor e personalidade marcante, estou terrivelmente indecisa em quem acreditar, e vc, caro leitor, que tiver o prazer de ler este livro, também ficará assim. 

Suzie perdeu os pais em um acidente de carro quando ainda era criança, foi morar com seus avós paternos e aos 17 anos, tudo o que ela quer é ser normal. Ela tem uma vida boa com seus avós, estuda em uma escola boa e tem tudo o que quer. Apesar de parecer uma patricinha mimada, Suzie me encantou com seu jeito simples. Ela se culpa pela morte dos pais, dorme pouco e sempre acorda com pesadelos terríveis. Mas Suzie guarda em sua memória, lembranças que ainda não lhe foram reveladas, e quando dois jovens absurdamente lindos aparecem em sua vida, sabendo muito sobre ela, conhecendo-a a fundo, mesmo sem ela os conhecerem, Suzie começa a duvidar, a ter medo...  juntos, esses jovens irão travar uma batalha que vai além do coração da jovem chorona... essa batalha pode trazer consequências para o céu e inferno. 


"Acredito, às vezes, que esse vazio dolorido que me inunda nas madrugadas é porque sobrevivi e eles não. O estranho é que, da mesma forma que esse pensamento me sobressalta, outro o sobrepõe e parece não ser meu: Você não pode morrer, você sobreviveu para um propósito."
Acho que vcs perceberam minha ironia ao chamar Suzie de chorona neh? rsrsrsrrsrs
Bem, eu amo personagens fortes e maduras, Suzie é madura, mas chora demais! Tudo pra ela é motivo de choro... fora isso, achei o livro incrível e muito bem escrito. A autora aborda amizade, amor e carinho. Com um enredo que encantará qualquer ser humano (ou alado, vai saber...). A autora escreve muito bem, descreve os sentimentos de uma forma única e sentimental, fazendo o leitor sentir angústia, medo, dúvidas, amor....


A narrativa é em primeira pessoa pelo ponto de vista de Suzanna, mas a autora nos brinda com a narrativa de outro personagem também, achei isso maravilhoso, porque passamos a entender melhor os lados do bem e mal que rondam Suzie. Outra coisa impostante, é que a autora usa termos bíblicos para associar a existência de seus anjos e Nefilins. A revisão está perfeita, não encontrei nenhum erro, a capa é fofa, mas a capa do segundo livro (Sonhos) é muito mais bonita e chamativa. A diagramação é simples mas muito bem feita, com detalhe de penas negras nos capítulos. Um livro encantador e que vai fazer o leitor suspirar, suspeitar de todos, trazer emoções e revelações intensas - e também repensar suas escolhas!
"Sabia que precisava ficar sozinha para entender a enxurrada de informações. Porque nada parecia encaixar, nada fazia sentido. Se meu avô sabia, porque deixou um estranho contar minhas origens? Porque Arthur e Pietro estavam brigando? Seriam eles naquela foto? Claro que não, afinal anjos não têm infância, ou tem? E por que deveria tomar cuidado com Arthur?"

Quero agradecer a Mari pela parceria, pela amizade e pelo carinho que sempre tem comigo e com seus leitores. Você é muito especial mulher! Muito obrigada mesmo pela leitura maravilhosa!


Avaliação:



Sobre a autora: 



Paulistana, tímida, risonha e blogueira literária. Nascida em 22 de fevereiro de 1980 e é formada em Recursos Humanos. Aprendeu a amar a literatura desde os dez anos de idade e a desejar escrever com a mãe que também é apaixonada por esta arte. Teve coragem de mostrar suas histórias a outros apenas em 2009 como escritora de fanfics no Twilight Brasil Fanfics, o que a impulsionou a buscar por mais. Apoia sem reservas a literatura Nacional. Já gravou CD como cantora de banda, compôs e hoje se dedica à sua família e a seus queridos personagens.