Resenha: Solteira e feliz da vida! - Sua felicidade só depende de você! - Amanda Ford

23 setembro 2014

Editora: Butterfly Editora
Ano: 2007
Páginas: 209
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre AQUI - R$ 7,83


Livro cedido em parceira com a edtora
Sinopse: 
 SER FELIZ NÃO DEPENDE DO NOSSO ESTADO CIVIL.
Amanda Ford, escritora norte-americana que é divorciada, demonstra - neste livro diferente de tudo o que você já leu - que a mulher solteira tem tudo para viver no melhor dos mundos. Se você está interessada, não perca tempo: descubra como isso é possível!
Livre, leve e solta, Amanda revela, um por um, todos os seus segredos. De mulher para mulher, explica direitinho o que devemos fazer nos momentos em que nos sentimos sós, tristes e desprotegidas - e muito mais... O melhor é começar a ler agora mesmo: você não vai parar até descobrir quanto nós, solteiras, podemos ser felizes.

Resenha: 


Engraçado e envolvente.
“Claro, o simples fato de acreditarmos na busca não a torna mais fácil. Amar não é fácil, principalmente amar a nós mesmas. Já disse e repito: Ser solteira não é fácil”

É um dos livros mais fofos que eu li esse ano, quase uma comédia. A autora descreve de forma simples e engraçada as situações enfrentadas por ela e outras mulheres. Algumas sonhando em encontrar o homem da sua vida e outras tentando manter distância deles.
Através de uma pesquisa com diversas mulheres solteiras e casadas conseguiu estabelecer um padrão para auxiliar outras na mesma situação.
Recheado de relatos, onde o leitor consegue se identificar com algum (ou vários) deles. Afinal, em algum momento, quem nunca sofreu por amor? Ou cometeu alguma loucura? Ou deu algum vexame?
“Ninguém morre por causa de uma decepção amorosa. Não é uma doença fatal. A dor de uma perda amorosa tem cura, só não tem prevenção.”

Apesar da autora estar solteira, já foi casada e “feliz” ela tem seus conflitos, porém consegue manter o bom humor e bom senso. O que torna o livro mais crível. O livro também fala bastante sobre valorizar a vida, as amizades e a liberdade. Suas frases são muito interessantes, recomendo para ler e refletir que estar casada ou solteira não significa ser feliz, ela fala que é preciso ser feliz independente do seu estado civil.


A capa é linda e muito bem elabora. Com relevo e verniz e cores marcantes.Lembrou-me a musica “It's rainin' men.” Mas ao invés de aleluia, é se protegendo deles. Os divisores de capítulos são perfeitos, com flores e frases que complementam o livro, algumas divertidas e outras bem realistas em tons de roxo e lilás. Com ótima diagramação, apesar das páginas brancas, as letras são grandes e o contraste com outras cores torna uma leitura agradável.
Daquele tipo de livro que te enche os olhos, passei um bom tempo admirando tanto a capa quanto as páginas. É encantador. Super recomendo. 

Avaliação:


Sobre a autora: 



Reside na cidade de Seattle. Estado de Washington (EUA), em um edifício de pequenos apartamentos próximo ao um lago. Começou a escrever aos seis anos de idade, época que sua mãe a presenteou com um lindo caderno cor-de-rosa para registrar suas aventuras. Também é a autora de  Be True to yourself ( Seja honesta consigo mesma), Retail therapy (Terapia de varejo) e Between mother and daughter (Entre mãe e filha), este ultimo escrito em parceria com sua mãe. 
Norte-americana, escreve para varias publicações do seu país: Real Simple, Glamour, Good House-keeping, Redbook, The Seattle Times e Chicago Tribune.