Resenha: SagradoS - A Aliança de Maria Madalena - Anaté Merger

16 agosto 2014


Edição: 1
Editora: Ases da Literatura
Ano: 2013
Páginas: 315
Compre AQUI - Ebook Kindle - R$ 5,99


Ebook cedido em parceria com a autora
Sinopse: Paris. Um professor da Sorbonne é assassinado e o objeto que ele guardava desaparece. Marselha, três anos depois: uma expedição arqueológica chega à Provença para tentar descobrir se Maria Madalena teria mesmo desembarcado com outros apóstolos na região, como diz a lenda. Os dois fatos inéditos alertam os sagrados, anjos que receberam um corpo para que pudessem sobreviver na atmosfera terrestre desde que começou a Guerra dos Imortais. Eles são os guardiões do segredo que Maria Madalena trouxe da Palestina em uma bagagem extramente preciosa. Entre seres extraordinários, cenários de sonho no sul da França e muita magia, Diana, Anne, Thérèse e Nina vão se encontrar. Cada uma tem uma missão que por enquanto elas mesmas desconhecem. Descobrir qual é o papel delas nessa aventura e se elas vão estar à altura do desafio é apenas o primeiro passo desse caminho cheio de surpresas e emoção que começa com o primeiro livro da série SagradoS - A Aliança de Maria Madalena. 
Resenha: 


"Na minha opinião, Maria Madalena veio para a Provença com outro objetivo, além da fuga e da consequente evangelização. Ela teria recebido a missão de colocar em segurança alguns dos objetos mais procurados, desejados e controvertidos da história."
Sabe quando você lê um livro tão completo que lhe faltam palavras para explicar seu sentimento depois de lê-lo? Sagrados - A Aliança de Maria Madalena, me deixou assim, sem palavras para expressar todo o enredo e história contida nele. Mesmo assim, vou tentar passar um pouco de tudo o que senti pra vcs.
"Alemães, japoneses, franceses, americanos e dinamarqueses começavam a trabalhar juntos para tentar descobrir os segredos da estadia de Maria Madalena na Sainte-Baume e o que ela realmente tinha trazido da Palestina."

O que Maria Madalena teria trazido em sua fuga para Provença? O que é tão importante a ponto de anjos e demônios disputarem a conquista deste objeto? Como os humanos acabaram entrando no meio disso tudo? 
O livro começa com a morte de um professor que era o Eleito para guardar um conhecimento antigo e sagrado. Depois de sua morte, Sagrados e Templários dão início a busca pelo novo Eleito, aquele que continuará protegendo esse conhecimento dos Anakins (anjos que foram expulsos do céu e vivem na terra). Ao mesmo tempo, uma escavação arqueológica pretende encontrar um objeto que pode mudar o rumo da humanidade. 
"A presença das feiticeiras na Sainte-Baume foi proibida assim que Maria Madalena veio morar em uma das grutas da montanha como eremita. Circe lembra da sua mãe contando os detalhes dos subterfúgios que as feiticeiras da família encontraram para burlar a interdição e continuar a ter acesso às plantas, árvores, ervas e cogumelos, essenciais para as mais diversas poções e venenos."
Sagrados trás personagens únicos e cativantes, principalmente as mulheres. Creio que esse tenha sido o intuído da autora, pois a lenda toda, começa com uma única mulher: Maria Madalena. E olha que são muitos viu! Vários personagens, dentre eles anjos, feiticeiros e humanos, todos em busca do verdadeiro conhecimento sobre a lenda. Todo o enredo foi muito bem escrito, cheio de detalhes e características sobre Provença. Os começos de capítulos possuem fotos de vários lugares, o que te leva para a história e te faz desejar estar presente durante os desdobamentos. 
"... você precisa entender que neste mundo em que vivemos o normal é não ter poderes. O normal é viver com dificuldades. O normal é não acreditar que os anjos e a magia existem e que milagres possam acontecer em qualquer lugar, a qualquer momento."
A autora mistura uma lenda com fatos históricos e seres sobrenaturais, o que dá um toque verídico e de fantasia para a história. Trás também a fragilidade do ser humano perto do que desconhece, e a força de vontade do mesmo quando quer algo. Outra coisa que me cativou na leitura é a facilidade da autora durante a narrativa do livro. Em momentos ela narra em terceira pessoa, em outros, em primeira pessoa. 
"A santa esboça um sorriso e dá o primeiro passo na areia molhada. À frente dela um mundo a ser descoberto, um desafio, uma nova lenda que vai inspirar gerações."
Não vou falar de um personagem específico, pois como disse, são muitos e seria impossível escolher somente um, mas em 315 páginas, a autora consegue fazer vc gostar de todos e torcer para poder concluir essa aventura com eles. A capa é linda, não sei como está a revisão do livro pois o li em pdf, se estiver como está o pdf, está perfeita, sem erros aparentes. Se vc gosta de livros que misturam fatos históricos com fantasia, em um país pouco conhecido como a França, vale a pena ler este livro. Tenho certeza que vai te encantar e desejar a continuação. Super recomendado.

PS: Imagens retiradas das ilustrações do livro.

Avaliação: 

Book Trailer: 



Sobre a autora: 



Durante 17 anos o trabalho da jornalista franco-brasileira Anaté Merger se resumiu a contar as mais diversas histórias através das redes de televisão, jornais e rádios no Brasil. Em 2004, uma mudança lhe proporcionou uma nova vida mais tranquila na região da Provença, na França. Lá, ela se casou e concebeu Chloé e Théo, que tornaram a sua vida mais completa. Na Provença, encantada pelos dias ensolarados, castelos, beleza natural e mercados deliciosos — em todos os sentidos — Anaté Merger desenvolveu a vontade de contar histórias com a liberdade que apenas os escritores de ficção conhecem. Com a inspiração que essa terra nova lhe proporcionou, Anaté Merger resolveu usar as asas de sua criatividade — impulsionadas pelas lendas, curiosidades e histórias da região — em uma série de romances que você poderá descobrir a partir de agora.