Resenha: Sem Clima para o Amor

11 abril 2014

Autora: Rachel Gibson
Edição: 2
Editora: Jardim dos Livros
ISBN: 9788563420671
Ano: 2014
Páginas: 280
Tradutor: Carolina Caires Coelho
Adicione no "Orelha de Livro"


Livro cedido em parceira com a editora

Sinopse: Sem Clima para o Amor é um livro divertido, daqueles que te faz suspirar. A principal personagem, Clare Wingate é assim, uma hora sofre porque o vestido rosa-choque não será mais usado, num outro momento pega o namorado em posição constrangedora com outro homem e depois, quando decide dar uma trégua e se dedicar apenas ao trabalho, encontra o amigo de infância, Sebastian Vaughan. Os beijos são inesquecíveis e ela não tem vontade de ir embora.
Resenha:

Não sou fã de livro deste gênero, mas... como eu disse no Li até a Página 100 e..., fui conquistada pela escrita fácil e delicada de Rachel Gibson. Clare, a protagonista principal, me ganhou pela sua força de vontade, mancadas e pensamentos contraditórios. Sebastian, amigo de infância de Clare, tem tudo que eu abomino em um homem, mas me peguei suspirando por ele diversas vezes! rsrsrsrsr


Chick-lits, são de longe para mim, um dos primeiros gêneros que pensava em ler, sim, gosto de histórias divertidas e com uma pitada mais quente, o que não ajudava era o fato de as mulheres sempre serem muito românticas e desejar um príncipe encantado. Ta! Clare também é assim, mas ela é escritora de livros românticos, então, claro que ela teria que acreditar no amor, certo? Ponto para a autora que colocou isso muito bem no livro! Clare é uma mulher de 33 anos que pensa ter encontrado o amor da sua vida, até encontrar o dito cujo dentro de seu closet com outro homem.... pois é, é ai que todas as mulheres românticas deveriam surtar e esquecer o amor. Clare tentou fazer isso, decidiu focar em sua carreira e esquecer os homens por enquanto. Mas a visita de seu amigo de infância, leva esses pensamentos embora. Clare sabe que Sebastian nunca vai amá-la do jeito que ela quer, então ambos engatam em uma amizade com benefícios!

"Há certos momentos de humilhação que é melhor uma garota manter em segredo. Ficar bêbada e vadia na sua idade era um deles. "Você me disse que teve comigo a melhor noite de sua vida", dissera ele, rindo, ao largar a toalha. "Você estava insaciável". Sim, algumas coisas, com certeza, tinham que ser levadas ao túmulo".
Sebastian é o tipo de cara que não para com nenhuma mulher, tem um medo enorme de se amarrar a alguém e só de pensar na palavra com R (relacionamento), ele entra em pânico. Jornalista, bem sucedido, lindo, testosterona pura, Sebastian viaja pelo mundo buscando a matéria perfeita e fazendo o que gosta. Até que em uma visita a cidade onde o pai mora, (seu pai trabalha para a mãe de Clare) Sebastian encontra sua antiga amiga de infância, a quem adorava perturbar e irritar. Ma o que Sebastian não esperava, era que não conseguiria mais tirar Clare de sua cabeça.


Um romance lindo e quente. As cenas de sexo são muito bem escritas e sem palavras chulas. Além do romance, a autora foca no relacionamento entre Clare e sua mãe e Sebastian e seu pai. Ambos possuem pendencias com os filhos/pais, e isso tornou o livro mais gostoso, leve e real.
Senti falta de um humo maior, as melhores cenas são entre Clare e Sebastian sem dúvida! Sarcasmos, tiradas bem boladas e respostas inteligentes são um prato cheio neste livro. Outra coisa que também gostei muito: a autora criou personagens inteligentes, nem as amigas de Clare ficaram de fora, todas escritoras de sucesso e muito sábias!


A diagramação é simples, mas muito bem feita, sem erros aparentes. A capa é linda, toda fosca com verniz localizado no nome da autora, título do livro e na sandália embaixo. A lombada fica linda na estante e segue o mesmo padrão dos demais livros lançados da autora pelo selo Jardim dos Livros. Só achei a imagem da capa um pouco desfocada, mas isso não deixou a capa menos atraente! A narrativa é em terceira pessoa, e eu adorei! Acompanhamos os pensamentos de Clare e Sebastian, o que me tirou muitos risinhos! rsrsrsr
Enfim, super indico a leitura deste livro para todos que nunca leram o gênero e pensam em não ler. Um livro leve, divertido e gostoso de ler. Para quem gosta, corre e leia o mais rápido possível, Rachel tem o dom, fato! rsrsrsrsrrsrs

"Sentiu-se um pouco ridículo por ter fantasiado com Clare. Ela ra a menininha estranha de sua infância, que nem sequer gostava dele. Normalmente, ele tentava fantasiar com mulheres que não o consideravam um idiota".

Avaliação:


Sobre a autora:


Rachel Gibson descobriu seu talento como escritora aos 16 anos, quando saiu com o carro do pai e bateu em um barranco. Quando seus pais chegaram contou uma história tão real, que seus pais acreditaram que ela havia sido vítima de um acidente de trânsito. E desde então não parou mais de contar histórias.
Escritora de sucesso nos EUA, ganhadora do Prêmio RITA, etá feliz ao ver que um de seus romances está em primeiro lugar na lista do jornal americano The New York Times. E seus outros romances figuram no Top Ten Favorite Books of The Year (lista dos 10 livros mais vendidos no ano, publicada pelo jornal The New York Times).