Resenha: Filho das Sombras - Trilogia Sevenwaters - Livro 02

21 outubro 2013


Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Páginas: 608
ISBN: 9788588477995
Ano: 2013
Tradução: Yma Vick

Exemplar cedido em parceria com a editora
Sinopse:Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões. A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram... 

Resenha:  

Em Filho das Sombras, damos continuidade a história de Sevenwaters. Neste volume, a história se passa a mais ou menos, 19 anos após Filha da Floresta, nele conhecemos Liadan (16 anos), a filha mais nova de Sorcha com Red, o Hugh de Harrowfield, um bretão que abdicou de tudo para viver com Sorcha em Erin. Sorcha teve mais dois filhos, Niamh (17 quase 18 anos) e Sean, Niamh é a mais velha e tem a aparência do pai, Sean é o único filho, herdeiro de Sevenwaters, gêmeo de Liadan, ambos são muito parecidos com Sorcha, e Liadan além da aparência, também herdou o dom de cura como sua mãe e outros poderes que serão melhor explorados no decorrer do livro. Sean e Liadan são ligados como Sorcha era com Finbar, uma ligação muito forte de pensamentos e sentimentos, mas isso nunca impediu de ambos esconderem os seus segredos.


"Os Seres da Floresta eram sorrateiros e agiam de maneira imprevisível. Seus jogos eram complicados, e suas escolhas, nem sempre óbvias. Além do mais, não havia um detalhe da profecia que as pessoas pareciam haver esquecido? Algo relacionado a carregar a marca do do corvo, se não me engano. Ninguém sabia exatamente o que era aquilo, mas não parecia ser um característica que um de nós tivesse."
Dos 7 irmãos que conhecemos em Filha da Floresta (para ler a resenha clique no título), somente 5 estão vivos: Sorcha ainda vive em Sevenwaters com sua família, Liam é o senhor de Sevenwaters, depois da morte de seu pai, o mesmo aceitou ser o senhor dessas terras e florestas. Conor se tornou um respeitado Druida e vive na floresta, aparecendo de vez em quando para visitar a família. Padriac ganhou o mundo! Veleja em seu barco para descobrir novas terras e não visita muito sua terra natal, e Finbar, que depois de não conseguir se livrar totalmente da maldição, vive na floresta, onde não é incomodado por ninguém, mas ainda tem uma forte ligação com Sorcha e é um ser muito sábio que ajudará nossa pequena Liadan a enfrentar os obstáculos que aparecerão em sua vida.


"Uma profunda tristeza tomou conta de mim e pedi as bênçãos de Brighid para me ajudar, Arrogância, escárnio e indiferença era coisas com as quais eu sabia lidar bem. E até com autoridades excessiva. Discutir com ele era quase divertido. Mas aquelas palavras ternas me desmontaram..."
Liadan é o tipo de personagem que eu adoro! Língua afiada e muito inteligente! Mesmo parecendo pequena e frágil, nos mostra logo no começo do livro que não deixará seu destino ser guiado pelos Seres da Floresta. Sua vida será escrita por ela mesma, não por esses seres que só aparecem quando querem algo dos humanos. Liadan terá que mentir, enganar e ser forte, pois a Antiga Profecia está prestes a se cumprir e ela esta no centro disso tudo. O Grande Mal foi despertado e se o povo de Sevenwaters não conseguir as Ilhas de volta dos bretões, a magia da Floresta não existira mais e seu povo pode se perder. Além de tudo isso, uma paixão avassaladora promete render muitos suspiros e medo em nossa protagonista!!!


Este livro é o melhor da trilogia que li até agora! Adorei cada página e cada reviravolta! Torci desde o início para um final onde Liadan conseguisse alcançar seus objetivos e ser feliz ao lado do homem que escolheu. A única personagem que não gostei muito foi Niamh, irmã mais velha de Liadan, mas depois de alguns capítulos, passei a gostar dela. Todos os personagens são muito bem descritos e incrivelmente construídos para prender o leitor e nos fazer aventurar pelas florestas e terras de Sevenwaters. Não é a toa que este livro foi o vencedor do prêmio Aurelis Award como o melhor livro de fantasia! A história é incrível e a autora nos trás um povo muito antigo, que foi criado para respeitar a Floresta e os seres que vivem nela. Tudo é muito bem descrito e explicado. No começo do livro, encontramos um mapa da Bretanha e Irlanda, você não ficará perdido enquanto acompanha Liadan em suas viagens. A autora também, como no livro anterior, nos explica as palavras usadas no livro, como Samahain, Imbolc, Beltaine.... Nada passa despercebido e sem explicação! Um livro que vai fazer você querer entrar dentro e descobrir os mistérios que Sevenwaters esconde!


"Voltei para Sevenwaters no cavalo do Homem Pintado, com seu manto me aquecendo, levenado um colar de garras de lobo no bolso e sangue nas mãos. Estava cansada de poder mudar as coisas. Cansada de Seres da Floresta, de vozes de espíritos antigos e de visões de morte. O que eu era além de uma simples mulher em um mundo de homens irracionais? Nada havia mudado. Nada além de meu mundo interior, que ninguém podia ver."
Com letras em tamanho confortável e páginas amarelas, Filho das Sombras me ganhou pela capa! Gente, vocês não tem noção de como amo essas capas! São lindas demais! Esta em especial, descreve perfeitamente o enredo do livro, o título é em alto relevo e a capa toda tem um tom metalizado que deu um acabamento de primeira! A diagramação também esta linda demais! Em cada capítulo, além do destaque que todos os livros desta série possui, encontramos penas de corvos nos cantos! Tudo muito delicado e belo! Narrado em primeira pessoa pela nossa protagonista, Liadan, Filho das Sombras tinha tudo para receber nota alta em minha avaliação, mas pecou no quesito revisão. Infelizmente, devo admitir, que Filha da Floresta foi muito bem revisado, mas Filho das Sombras deixou a desejar. Palavras faltando letras, frases repetidas.... Fiquei muito triste pois minha vontade é dar nota 5 para este volume, mas não o farei. Então, vou ficar na espera de Filha da Profecia (3º livro da série) e torcer muito para ser tão bom quanto este e que a revisão não deixe a desejar! Super recomendado!!!


Vocês devem estar se perguntando: "Se o livro se chama Filho das Sombras, porque a personagem principal é uma mulher?" Juro que também pensei a mesma coisa no começo, mas se preparem, (não vou contar porque sou mau e quero deixar vocês curiosos hahahahaha) pois este livro é perfeito! Uma surpresa atrás da outra esperam vocês neste volume! Estou perdidamente apaixonada por Liadan, uma personagem que ganhou meu respeito e que me deixou muito feliz! Arrisquem-se, deixem-se levar pelos Espíritos Antigos, descubra os segredos de Sevenwaters!
"Acho que disse aquilo mais para os Seres da Floresta do que para ele. E se me ouviram, não deram sinal. Eu tinha tomado uma decisão. Tinha mudado o curso dos acontecimentos, E se isso queria dizer que eu nunca mais os veria, que assim fosse."

Avaliação:


Sobre a autora:



Juliet Marillier nasceu na cidade de Dunedin na Nova Zelândia. Cresceu neste cidade, estudou na escola Arthur Street Primary e Otago Girls' High School, depois foi para a Universidade de Otago se formando em Bacharelado em Música. Ela cresceu ouvindo história sobre a cultura e musica celta, o que influenciaria nas sua obras. Seu primeiro livro foi "Daughter of the Forest" (A filha da floresta), dando inicio à série Sevenwaters. Mãe de duas filhas e de dois filhos, vive atualmente na região de Perth, na Austrália.