Resenha: A Filha da Floresta - Trilogia Sevenwaters - Livro 01

27 agosto 2013



Autora: Juliet Marillier
Série: Sevenwaters
Editora: Butterfly
ISBN: 9788588477971
Ano: 2013
Páginas: 607
Tradução: Yma Vick


Sinopse:O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.

Resenha: 

A Filha da Floresta é uma história do tempo em que a Irlanda e a Bretanha ainda não eram "uma só ilha", do tempo em que a honra era a razão de viver de muitos homens e também do tempo em que o amor entre irmãos vencia qualquer contratempo, derrotando quem os tentasse separar.
A estória do livro se passa na velha Irlanda, onde o mito era lei e a magia uma força da natureza. Entre florestas densas, há um pequeno povoado chamado Sevenwaters, liderado por Lorde Colum, que já foi um homem sábio, e se perdeu depois do falecimento de sua amada esposa. Mas, sua esposa deixou para ele seis filhos homens e uma menina. Sorcha era para ser o sétimo filho do sétimo filho, mas por uma brincadeira dos espíritos da floresta ela nasceu menina.
Filha da Floresta é a estória de Sorcha, que desde muito nova, teve que enfrentar muitos perigos para salvar seus irmãos, o amor que os sete sentiam um pelo outro, era capaz de qualquer coisa, e depois de sofrerem uma terrível maldição, Sorcha seria a única que podia quebrar a maldição e trazer seus irmãos de volta a Sevenwaters. Mas para quebrar a maldição, Sorcha teria que ficar em silêncio durante o tempo necessário para tecer seis camisas de estrelas d'água, uma planta muito difícil de se manipular por causa de seus espinhos, e agora, Sorcha estava sozinha na floresta, sem seus irmãos que sempre a protegeram e cuidaram dela. Será que ela será forte o suficiente para quebrar a maldição?
"Sorcha é o elo que nos mantém unidos. Sem ela, somos como folhas ao vento, soprados sem destino. Somos fortes, sem dúvida, cada um de nós a sua maneira... Somente Sorcha pode nos levar para casa." 
Adorei o livro!!! No começo fiquei meia entediada, porque Sorcha narra tudo, desde sua infância, até os tempos em que finalmente começou a ser realmente feliz. Muita coisa me cativou neste livro, principalmente os contos de Sorcha, a magia da floresta e o amor sem igual por seus irmãos. Uma estória emocionante e criativa. No começo do livro tem a explicação para palavras que não conhecemos e como pronunciá-las e um mapa que me ajudou muito a acompanhar Sorcha em sua busca. A narrativa é de fácil entendimento, narrado em primeira pessoa por Sorcha, o que achei maravilhoso, pois podemos acompanhar os acontecimentos por seus olhos e sentir o que ela sente. A gráfica não deixou a desejar, a capa é linda e o livro por dentro também. Não é somente uma estória sobre o amor pela família e por suas origens, mas tbm um romance lindo e arrebatador, que me deixou muito irritada por aparecer só nos últimos capítulos. Mas valeu a pena, super recomendado.

" Você é o sangue que corre em minhas veias e o bater do meu coração. É a primeira coisa que me vem a mente quando acordo e a última antes de eu adormecer. Você é... tudo o que sou, é o ar que eu respiro." 

 Avaliação:





Sobre a autora: 



Juliet Marillier nasceu na cidade de Dunedin na Nova Zelândia. Cresceu neste cidade, estudou na escola Arthur Street Primary e Otago Girls' High School, depois foi para a Universidade de Otago se formando em Bacharelado em Música. Ela cresceu ouvindo história sobre a cultura e musica celta, o que influenciaria nas sua obras. Seu primeiro livro foi "Daughter of the Forest" (A filha da floresta), dando inicio à série Sevenwaters. Mãe de duas filhas e de dois filhos, vive atualmente na região de Perth, na Austrália.

A trilogia já conta com o segundo livro lançado aqui no Brasil que se chama "Filho das Sombras". Em breve teremos resenha dele para vocês!