Resenha: Nascida à Meia Noite - Os Sobrenaturais - Saga Acampamento Shadow Falls

22 março 2013


• Editora: Jangada
• Autor: C.C. Hunter
• Tradução: Gilson César Cardoso de Sousa e Denise De C. Rocha Delela
• ISBN: 978-85-64850-00-2
• Ano: 2011
• Páginas: 315


Sinopse:

Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal. No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma...


Resenha:

Em Nascida a Meia Noite, conhecemos Kylie, uma garota tipicamente normal, de 16 anos que esta passando por algumas situações que estão mexendo com ela. Sua avó morreu recentemente, seus pais estão se divorciando e seu namorado Trey terminou com ela. Kylie esta sofrendo muito com essas situações, e para esquecer um pouco toda essa bagunça, vai a uma festa com sua melhor amiga Sara, mas como tudo pode piorar, Kylie vai presa pela policia, e agora sua mãe acredita que ela é uma adolescente problemática e a envia para um acampamento chamado Shadow Falls.

No acampamento, Kylie é informada de sua nova situação: monstros exixtem. Isso mesmo, um vampiro pode ser seu vizinho, aquela garota que vc chamou de bruxa na escola, realmente é uma bruxa. Fadas, lobisomens e tudo mais que se esconde na calada da noite existe. Kylie sempre foi diferente, ela vê uma pessoa que ninguém mais vê, só falta descobrir agora, a qual clã Kylie pertence.

(...)Então, sua curiosidade, sua necessidade de saber evaporou-se na atmosfera quase irrespirável. Só agora entendia o sentido da frase "A ignorância é uma benção". Queria continuar ignorante. Não queria ver, não queria acreditar.(...)

Juro que no começo não gostei da Kylie. Achei ela muito superficial, a coitadinha que queria atenção. Mas quando ela chegou no acampamento, comecei a nutrir um certo sentimento por ela! Kylie é tudo o que uma garota quer ser: inteligente, bonita, esperta... Mas teve momentos que eu quis matá-la!! Depois de algum tempo, comecei a ter dó dela. Ser diferente mais uma vez, não era o que Kylie queria. Kylie não quer ser descendente de nenhum deus, ela quer ser normal, viver com humanos normais e não acordar a noite com terrores noturnos e um fantasma ao seu lado...

A escrita da C.C é muito envolvente, li o livro em um dia, a narrativa é em terceira pessoa, então imagina meu desespero. Mas ainda acho que a autora exagerou na criação de Kylie. Essa menina tem um sério problema com peitos! Tudo pra ela era peito pra cá, peito pra lá... ficou esquisito. Em comparação, adorei os personagens secundários, principalmente suas novas amigas. Della é minha preferida, já os garotos... bem, Derik é muito fofo e atencioso, mas Lucas é tudo de bom em dobro. Viagei neste lobinho lindo demais. As capas desta série são perfeitas, não tem como negar, vou continuar lendo a série porque, já no finalzinho do livro, parece que Kylie começou a mudar, e isso me empolgou muito.

Pra quem gosta de estórias sobrenaturais é um prato cheio, mas não chega a ser perfeito. Espero sinceramente que os próximos livros sejam melhores.

Sobre a autora:

C.C. Hunter cresceu em Alabama, onde ela pegou vaga-lumes, correu descalça, e regularmente resgatou príncipes em potencial, na forma de rãs. Ela agora vive no Texas, com seus quatro gatos resgatados, um cão e um príncipe de um marido, que não é assim um sapo. Quando não está escrevendo, ela está lendo, gastando o tempo com sua família. C.C. Hunter é um pseudônimo. Seu verdadeiro nome é Craig Christie e ela também escreve romances humorísticos e suspense românticos.